Gibson Eric Clapton 1964 Firebird I

Gibson Eric Clapton 1964 Firebird I

Nero
Gered Mankowitz © Bowstir Ltd 2019/Mankowitz.com

A Gibson Custom Shop vai estrear este unicórnio em Setembro, no Crossroads Guitar Festival. Apenas serão disponibilizadas 100 guitarras Gibson Eric Clapton 1964 Firebird I para o mundo inteiro.

Parte da estratégia da Gibson para reabilitar a sua imagem tem estado assente na edição de modelos de assinatura ou tributo a grandes nomes da indústria. As mais rrecentes, já depois dos modelos no final do ano passado e da Winter NAMM, de Janeiro, foram as guitarras com a assinatura de Joan Jett e de Joe Perry. Agora a marca anunciou o modelo Gibson Eric Clapton 1964 Firebird I.

Nas décadas de 60 e 70, mais na de 60, o Slowhand usou várias vezes uma Gibson Firebird, já depois de ter usado amiúde uma Les Paul ES-335 e uma SG. Mas antes de abraçar definitivamente a Stratocaster, é a Firebird de 1964 que Clapton recorda com maior carinho, talvez por estar mais associada aos poderosos Cream, como o próprio recorda: «Recordo uma noite em particular com a Firebird. Foi um concerto dos Cream em Filadélfia, um dos melhores concertos que alguma vez dei».

A Gibson Custom Shop meteu mãos à obra para recriar a famosa Firebird em edição limitada. Os luthiers usaram os mesmos métodos de construção da época e replicaram minuciosamente as dimensões dos modelos de 1964. Cada  guitarra Eric Clapton 1964 Firebird I está equipada com um recém-desenvolvido pickup Alnico V Firebird, de modo a obter o fogoso volume e timbre dos modelos originais.

Cada um dos modelos também possui o backplate autografado pelo Slowhand, além de uma réplica da correia que ele usava, uma reprodução exacta da case original, Certificado de Autenticidade, livro e outros brindes.

Obedecendo às especificações dos autênticos unicórnios que são as Firebird dessa altura, o corpo será um monstro bem pesado em mogno. O braço (neck-through) é uma mistura de 10 camadas de mogno e walnut, em perfil “C” médio, tal como em ’64. A escala colada é em indian rosewood, com uma extensão de 24.75” e um raio de 12”, com 22 trastes médio-jumbo.

Apenas serão disponibilizados 100 modelos para o mercado. 50 para os Estados Unidos da América, vendidos exclusivamente no Guitar Center, e 50 modelos para o resto mundo. Resta saber se virá algum para Portugal. O lançamento da Gibson Eric Clapton Firebird I irá coincidir com a edição de 2019 do Crossroads Guitar Festival, que se irá realizar em Dallas, TX, nos dias 20 e 21 de Setembro.

Mais info na Gibson.