Korg Electribe Redux

Korg Electribe Redux

Inês Barrau

A Korg expandiu a gama Electribe, com a renovação do Electribe MX, criado originalmente em 2003, e o Electribe Sampler.

O novo modelo Electribe é apresentado como capaz de maior rapidez na actuação do interface e como uma unidade muito mais intuitiva. Tem uma capacidade máxima polifónica de 24 vozes, com frequência de samplagem nos 48.0 kHz. Possui 409 tipos de oscillators e um máximo de 16 filtros, os tipos de modulação ascendem aos 72. Nos efeitos pode acolher 38 inserções máximas, através de 32 tipos diferentes de Master Effects. A capacidade de memória máxima são 250 patterns.

electribe

O sequenciador é capaz de criar 64 linhas em cada secção e de modular até 24 sequências em cada pattern. Os triggers são 16 e possuem sensibilidade de velocidade e intensidade. O Electribe possui outputs stereo (Left e Right) ou L/Mono, para phone jacks, output stereo de auscultadores por mini jack e ainda input stereo de linha, também via mini jack. Possui também conexão MIDI, com o cabo adaptador incluído, e USB.

electribbe sampler

O Electribe Sampler, é o modelo SX (originário de 2003) reconstruído, possui as mesmas características sonoras, de sequência e físicas do Electribe, com excepção no número de filtros, 3 diferentes tipos no caso do Sampler. A sua capacidade de samples atinge um máximo de 999, incluído os de utilizador.

EGITANA