Mesa/Boogie, John Petrucci JP-2C

Mesa/Boogie, John Petrucci JP-2C

Nero

Lançado em 2016, o amp de assinatura de John Petrucci com a Mesa/Boogie ressuscitou uma besta lendária: o Mark IIC+.

Foram três décadas a usar Mesa/Boogie a solo ou com Dream Theater e então surgiu uma colaboração entre a marca de Los Angeles e John Petrucci. Juntos actualizaram o clássico Mark IIC+ no novo modelo JP-2C.

O amp está disponível nas versões Head, Rackmount Head e Limited Edition Head (autografada por Petrucci e Randall Smith). O amp é, na sua totalidade, comutável para funcionamento e programação MIDI.

A nova cabeça possui potência alternável – 100 ou 60 watts – através de válvulas 6L6 e 12AX7. Há três canais de configuração independente e cinco modos de expressão, de Clean até Lead e Shred. O EQ possui 5-bandas. Entre as novas características conta-se também o simulador de coluna CabClone. Este simula a ligação a colunas Closed ou Open-Back. Load & Headphone Output / Speaker On/Off & Ground Lift. No chassis em alumínio há ainda espaço para um Slave Output e Effects Loop, tal como mola de reverb.

Channel 1: Mark IIC+ Clean – Gain, Treble, Mid/Boost (converte-se num Midrange Tone Control, entre 1 e 5, e num Variable Gain Boost Control, de 5 a 10, permitindo nivelamento preciso de harmónicos na distorção) Bass, Presence, Reverb (painel posterior), Assignment Switch para o EQ duplo de 5-Bandas (EQ 1 ou EQ 2 – On, Off ou Footswitchable) & Controlos Master.

Channel 2: Mark IIC+ Lead ou Shred – Gain c/Pull Gain Boost, Treble, Middle, Bass, Presence c/Pull Frequency Shift, Reverb (painel posterior), Assignment Switch para o EQ duplo de 5-Bandas (EQ 1 ou EQ 2 – On, Off ou Footswitchable) & Controlos Master.

Channel 3: Mark IIC+ Lead ou Shred – Gain c/Pull Gain Boost, Treble, Middle, Bass, Presence c/Pull Frequency Shift, Reverb (painel posterior), Assignment Switch para o EQ duplo de 5-Bandas (EQ 1 ou EQ 2 – On, Off ou Footswitchable) & Controlos Master.

Na altura, Petrucci falou sobre o novo amp e o seu papel no álbum de Dream Theater, “The Astonishing”, em declarações à Total Guitar: «Foi gravado exclusivamente com o JP-2C. É um amp com três canais independentes. Há dois EQs gráficos, o que nunca foi feito antes num amp da Mesa/Boogie». No vídeo, é o próprio shredder que explica as opções tomadas na construção e desenvolvimento do amp, também é o guitarrista quem lhe faz “suar” as válvulas na demonstração. Dispara o player!