Mission Rewah Pro

Timóteo Azevedo

A Mission Engineering anunciou o lançamento do seu primeiro pedal de efeitos, o Rewah Pro.  Trata-se do início de um novo tipo de oferta para a marca, que até aqui se centrava na construção de pedais de expressão optimizados para performances com amplificadores específicos.

A construção do Rewah Pro tem como base um inductor costumizado, semelhante aos que encontramos nos amplificadores de áudio de alta fidelidade. A indutância  e a resistências são iguais aos encontrados em indutores vintage muito cobiçados para pedais de wah.

A bobina apresenta o dobro do tamanho típico, o que resulta numa resposta de baixos melhorada e baixa saturação do sinal. Com transistor duplo e reguladores de saída do sinal, a que se junta um circuito True Bypass, proporcionam níveis de ruído muito baixos.

Também é possível efecutar modificações ao circuito do Rewah Pro de forma a mudar as características tonais, recorrendo a qautro pequenos interruptores internos. Estes interruptores oferecem modificações como alterar o valor Q a equalização do sinal, adicionar um pouco de saturação para dar um toque de overdrive ou expandir a largura de bandam para alargar a resposta do filtro. Os controlos podem ser usados de forma independente ou configurados em série, proporcionando 16 possíveis modificações de tom possíveis.

O Rewah Pro tem a mesma construção metálica e componentes electrónicos de alta qualidade presentes nos outros pedais da Mission, características que grangiaram respeito à marca pela sua performance e garantia de funcionamento. Um respeito que faz utilizadores dos pedais Mission artistas como Chris Broderick (Megadeth), Dave Weiner (Steve Vai), Devin Townsend e Dan Spitz (Anthrax, Reb Lamb). Cada pedal é assinado pelo engenheiro da Mission que o montou manualmente.

O pedal encontra-se disponível na loja online da Mission e em distribuidores autorizados.

EGITANA

fender