Novo Soft Bag da Protection Racket Para o Módulo Yamaha EAD-10

Novo Soft Bag da Protection Racket Para o Módulo Yamaha EAD-10

Redacção

A britânica Protection Racket criou uma solução para o transporte do módulo Yamaha EAD-10, entre outros da marca nipónica.

A Yamaha quebrou várias barreiras no universo das baterias híbridas com o inovador módulo EAD-10, o primeiro sistema “stand-alone” de sempre dentro do género. Agora, o fabricante britânico de caixas e sacos para baterias e acessórios Protection Racket tornou o transporte do teu EAD-10 ainda mais fácil com o DTXP00700 – um novo soft bag concebido para este e outros módulos da Yamaha.

No seu interior, a mala tem divisórias de espuma de velcro, oferecendo bastante espaço para o EAD-10 (embora outros módulos também sirvam), sensor, fonte de alimentação, triggers adicionais e cabos ou outros acessórios. A parte frontal da mala também dispõe de um bolso exterior adicional para ainda mais armazenamento.

Esta nova mala mede 40x40x15cm e apresenta o mesmo fabrico robusto a que estamos habituados a ver no equipamento da Protection Racket: um revestimento exterior de poliéster 600 durável e resistente à água, acolchoamento duplo de espuma de 8mm (5mm no interior, 3mm de espuma mais dura no exterior), interior de lã sintética e fechos YKK de primeira qualidade.

Como é habitual, há também uma pega de transporte e etiquetas de bagagem de silicone com cartão de identificação para que também possas adicionar a tua identificação.

A DTXP00700 EAD10/DTX está disponível aqui a um preço de cerca de 68 paus.

Adiantando mais sobre o Yamaha EAD-10 Electronic Acoustic Drum Module & Sensor. Esta unidade vem revolucionar a tecnologia de baterias híbridas, dando-te acesso a sons de bateria de qualidade profissional e integração de samples com base no teu próprio kit acústico. O entusiasmo que este produto gerou na nossa redacção, quando foi lançado em 2017, foi partilhado por Carlos “BB” António, que aceitou o nosso convite para passar pelos estúdios Black Sheep e sentá-lo atrás de um kit de bateria, com o EAD-10 instalado.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.
EGITANA