O Poderoso Sintetizador Expressive E Osmose Chega Em Junho

O Poderoso Sintetizador Expressive E Osmose Chega Em Junho

Redacção

A Expressive E actualizou informações sobre o lançamento do seu super-expressivo sintetizador Osmose: chega, finalmente, em Junho.

Longa foi a espera, mas parece que agora é de vez. Anunciado em 2019, a Expressive E indica agora – numa nota publicada no blogue da marca – que o desenvolvimento e fabrico do novo Osmose foi atrasado devido à pandemia, mas a boa notícia é que a empresa prevê que as primeiras unidades de produção em massa estejam disponíveis em Junho.

«Em Janeiro de 2021, recebemos todas as partes industriais dos primeiros Osmose. As peças foram testadas e montadas com o maior cuidado. Os resultados finais foram muito conclusivos e as peças uma vez montadas no produto final funcionaram perfeitamente. Estamos actualmente a trabalhar na fase final de ajustes», explica a Expressive E.

À primeira vista, o Osmose até pode parecer semelhante ao que se encontra num sintetizador padrão, a diferença é que cada tecla oferece três dimensões de controlo. Para além disso, o instrumento contém o motor de som EagenMatrix da Haken Audio, desenvolvido para o Continuum Fingerboard da marca, e que combina síntese digital, FM, analógica virtual e espectal, com algumas possibilidades de modelação física. O som compreende o universo acústico e electrónico e reage aos mais ligeiros movimentos das teclas. Dessa forma podem executar-se técnicas como vibrato e legato, ou criar camadas dinâmicas à execução.

Com o anúncio das primeiras unidades, a empresa também aguçou o apetite dos entusiastas destas poderosas máquinas relativamente ao que está para vir ao publicar um vídeo – que podes ver mais abaixo – que demonstra, por exemplo, a característica de portamento do Osmose ponderada pela pressão.

Anteriormente exclusivo do Continuum Fingerboard, da Haken Audio, esta função permite definir um intervalo de tempo dentro do qual duas teclas são interpretadas como uma linha legato em vez de um toque polifónico. Ao contrário do portamento normal, o portamento ponderado por pressão reage à relação de pressão entre as duas notas.

O resultado é que se pode controlar os efeitos de diapositivos de timbrem, glissando e vibrato directamente a partir do teclado. A marca descreve-o como «a derradeira pitch wheel, que nem sequer requer uma segunda mão para o tocar».

O Osmose vai custar 1.799 euros e podes conhecer aqui esta poderosa máquina que já conta entre os seus fãs gente como Jordan Rudess, Junkie XL, Bill Laurence (Snarky Puppy) ou o produtor Mike Dean.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA