NAMM 2020: Orange Little Bass Thing

NAMM 2020: Orange Little Bass Thing

Nero

O Little Bass Thing, da Orange Amplification, é um amp de baixo peso-pluma, mas com a patada de um modelo Classe D e 500 watts de potência.

A Orange atirou-se à Winter NAMM 2020 com os baixistas no pensamento. Depois do pré-amp Bass Butler, a marca apresentou o Little Bass Thing. Este é um mini amp de baixo, classe D, com 500 watts de força, combinado com um pré-amp solid state. Não pesa mais de três quilos.

O Little Bass Thing possui um controlo paramétrico de médios em estilo sweep, dando eficácia e simplicidade ao controlo de equalização. Um factor potenciado pela escolha meticulosa de frequências de graves e agudos combinada com um boost de 15dB para um excelente som de baixo, com boa articulação.

O amp possui um circuito Class A Optical Compression que pode ser controlado por footswitch (vendido separadamente) ou no seu painel frontal. Este circuito singular possui uma cadeia paralela única e uma resposta optimizada para baixo. Oferece ao Little Bass Thing excelente controlo dinâmico e um carácter com calor clássico ao som. O circuito Class A Optical Compression é, no fundo, um pré-amp neutro, com precisão na equalização.

O Little Bass Thing também FX Loop (buffer) e saída D.I. balanceada de calibre profissional, com switch Grounf Lift para auxiliar na remoção de ruídos de ligação. Há aí um switch de entrada com -6dB para baixos com pickups activos ou de muito output.

É mais uma proposta para o crescente mercado de mini-amps que os baixistas podem considerar. Mais info na Orange.