Pioneer revela a nova mesa de mistura digital topo de gama

Timóteo Azevedo

A Pioneer revelou aquela que será a nova mesa de mistura digital topo de gama da marca, a DJM-2000nexus. Entre as novas características, a mesa suporta até quatro leitores da série CDJ ou gira-discos, aos quais soma a ligação a dois computadores pessoais. A mesa também funciona como um interface de áudio por USB, dispensando o recurso a uma placa de som externa.

A nova DJM-2000nexus é baseada na sua antecessora, a DJM-2000. A mesa apresenta quatro canais, aos quais junta uma entrada de microfone. A ligação a quatro leitores CDJ e a dois computadores pessoais é proporcionada por terminais LAN graças à função PRO DJ LINK. Com esta função, é fácil chamar músicas armazenadas nas bibliotecas do software rekordbox disponibilizado com os CDJ, ou guardadas em cartões SD ou dispositivos USB. A função Sync Master permite controlar e sincronizar o ritmo e a batidas das músicas dos vários leitores, que automaticamente sincronizadas com o relógio da mesa. A função também recupera a informação presente no rekordbox para sincronizar todos os efeitos com a mistura.

A mesa apresenta quatro novos modos de performance, acessíveis através do ecrã táctil de 5,8″. O modo Beat Slice permite separar o sinal de entrada em diferentes samples, que são arranjados com novas batidas e para as quais se podem escolher diferentes cortes. O modo Sidechain Remix, com sete tipos diferentes de efeitos dinâmicos, usa o som de um canal como trigger para que um efeito seja aplicado sobre o som de outro canal. O modo Frequency Mix divide a música em sete bandas de frequências, o que permite conseguir uma mistura mais precisa entre dois canais. O modo MIDI, que por sua vez apresenta quatro tipos diferentes, permite definir o controlo MIDI da forma que melhor se adeqúe ao estilo pessoal.

A unidade funciona ao mesmo tempo como interface de áudio USB, com as conversões a correm a 24-bit do analógico para o digital e 32-bit do digital para o analógico, tudo a 96kHz. Esta característica elimina a necessidade de uma placa de som externa, e é possível assignar para cada canal até quatro fontes sonoras provenientes de um só computador, para posterior mistura. A DJM-2000nexus vem equipada com um novo limitador de picos de sinal, que previne a distorção do som de saída mesmo a volumes muito elevados. Cada canal está equipado com uma secção de equalização de três bandas (graves, médios e agudos), assim como um isolador com o mesmo número de bandas. Os faders apresentam um mecanismo de alta performance, que assegura operação suave e maior durabilidade.

A nova mesa apresenta a mesma secção de Beat Effect da série DJM antecessora, com a função de sincronização de batida Quantize. Encontramos efeitos de delay, reverberação, phaser e filtro, entre outros. É possível definir sobre que frequência é que o efeito vai incidir, como por exemplo a voz na região dos médios-agudos ou apenas as batidas graves. O efeito de reverberação passou a permitir ajustar a abertura do espaço simulado de forma simultânea com a definição do tempo de reverberação. Por outro lado, o efeito de filtro apresenta um controlo mais intuitivo, com a posição do potenciómetro completamente à esquerda a desligar automaticamente o efeito sem ser necessário carregar noutros botões. A DJM-2000nexus apresenta ainda mais seis Inst FX, seis efeitos de acesso instantâneo para cada canal com controlo de rotação. O potenciómetro de Parameter permite fazer ajuste detalhados aos efeitos de Noise, HPF, LPF, Jet, Zip e Crush.  

A nível estético, a nova mesa de mistura apresenta potenciómetros cromados e botões retro-iluminados por LED num design que combina com os leitores CDJ-2000nexus, ambos pensados e desenhados para operar lado a lado.

A DJM-2000nexus estará disponível a partir de 2.379€ (IVA incluído).

EGITANA