Seymour Duncan Perpetual Burn, o pickup de Jason Becker

Seymour Duncan Perpetual Burn, o pickup de Jason Becker

Hugo Salvado

Quando os primeiros sintomas de doença começaram, Jason Becker estava já a trabalhar com a Custom Shop para a construção de um pickup de assinatura. Vinte anos depois, o projecto está finalizado.

Tinha só 19 anos e, pouco depois de se juntar à banda de David Lee Roth – sucedendo a um tal de Steve Vai – o jovem prodígio da guitarra neoclássica, Jason Becker, trabalhava na construção do que viria a ser a sua guitarra de assinatura (com a Carvin) e num pickup para a mesma (com a Seymour Duncan). Apesar da tenra idade, Jason já não era um desconhecido, pois já tinha gravado 1 ábum a solo e 2 outros álbuns com Marty Friedman, seu amigo e guitarrista dos Megadeth. O duo, intitulado de Cacophony, tinha saltado para a ribalta com os álbuns “Speed Metal Symphony” (1987) e “Go Off!” (1988).

Foi assim que, entre os 16 e os 19 anos, Jason apareceu e chegou ao topo. Ao mesmo tempo que perdia controlo sobre o seu corpo, devido à “invasão” que a Esclerose Laterial Amiotófica (conhecida nos EUA como Lou Gehrig’s Disease) fazia, novos desafios se lhe deparavam e muitos dos projectos musicais tiveram de ficar em “stand-by“. Hoje, é o próprio Jason que diz, no seu filme/documentário, que ainda não está morto, que a sua vontade é continuar a fazer música, que ainda tem muito para aprender e para transmitir (Jason comunica através de um sistema inventado pelo seu pai, sistema que, acoplado a um computador, lhe permite soletrar apenas com o olhar).

Não é estranho – é antes espectacular – que projectos iniciados há mais de 20 anos, cheguem agora ao seu termo com sucesso.

O seu Seymour Duncan Perpetual Burn, desenvolvido na Custom Shop, é um pickup com magneto em Alnico 5, com uma impedância de 12 k Ohm em corrente contínua (DC), saída potente, definida, com bastante punch e sustain, que funciona bem com os legatos e riffs vibrantes e cheios de crunch, típicos de Jason.

Disponível em preto, branco e zebra, com espaçamento regular (para stoptail) ou trembucker (para tremolos), este é um versátil bridge pickup especialmente pensado para quem usa fingerboards de maple. Embora seja um pickup da gama standard, outras cores e variantes estarão sempre disponíveis via Custom Shop, por algums dólares a mais… claro.