Queres Soar a Daft Punk? Agora É Mais Fácil!

Queres Soar a Daft Punk? Agora É Mais Fácil!

Redacção

O Sennheiser VSM201 é um vocoder com uma história muito especial. Já foi utilizado por nomes como Kraftwerk, Herbie Hancock ou Daft Punk, isto, para não mencionar a criação de sons de ficção científica para Star Wars e Battlestar Galactica. Mas agora, graças ao XILS-Lab, os utilizadores de DAW também podem fazer parte dessa história, cortesia do plugin de emulação de vocoder X201.

Quem usa uma workstation de áudio digital já tem mais uma poderosa ferramenta – e que ferramenta! – à sua disposição. Estamos a falar do X201, um vocoder que oferece dois bancos de filtros, cada um dos quais com 20 bandas de frequência. Cada banco de filtros pode processar o sinal recebido – tipicamente, uma voz – ou um sinal de onda portadora, que pode ser do gerador de sinal interno do sintetizador ou qualquer onda de sinal externo que se goste de utilizar. As notas MIDI enviadas para a portadora podem ser aplicadas à voz.

Há também a secção Silence Bridging que oferece um motor de seguidor de envelope multi-bandas, dependente da frequência, que moldará o sinal de acordo com o seu conteúdo harmónico.

Diz-se que o X201 é de facto mais potente e versátil do que o hardware original, com os parâmetros internos dos circuitos a serem expostos. Também está incluído um conjunto de efeitos de modelação analógica com a melhor qualidade de imagem: Chorus, Phaser e Delay, mais uma reverberação ‘digital’. Isto significa que, além de funcionar como um vocoder, o X201 também pode funcionar como um simples banco de filtros/multi-efeitos vintage.

O X201 está agora disponível no website do XILS-Lab pelo preço de lançamento de 89 euros, que será entretanto alterado para 149 euros. Funciona em PC e Mac nos formatos VST/AU/AAX.

Tens aqui toda a informação necessária.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.