Soundation Studio passou a suportar MIDI externo

Timóteo Azevedo

Foi anunciado que o Soundation Studio passou a suportar gravação de MIDI externo, o que significa que passou a ser possível ligar um teclado MIDI para controlar os sintetizadores, máquina de ritmos e reprodutor de samples.

A adição desta funcionalidade vai aumentar as possibilidades criativas para os utilizadores da plataforma, que tem vindo a progredir de forma consistentes desde o seu lançamento em 2009. Um progresso impressionante, tendo em conta que o DAW da PowerFX funciona exclusivamente online a partir do browser.

O Soundation Studio apresenta muitas das funcionalidades de um DAW de desktop convencional, como corte e cola, loop, pitch shifting, time stretching, controlo de volume, panorâmica, mute e solo por canal; automação para todos os parâmetros, incluindo efeitos e instrumentos; um canal master, um teclado virtual para tocar com os instrumentos e mesmo gravação de áudio. Podes exportar as tuas produções para o computador ou para a tua conta dentro da plataforma, que também permite partilhar as criações nas redes sociais. Também é possível importar uma música para a remisturar, mas neste momento a plataforma só suporta a importação de ficheiro em formato .wav.

A aplicação dos efeitos é feita em tempo real, e o Soundation Studio oferece um total de 11 – filtro, reverberação, delay, degrader, phaser, distorção, compressor, equalização, limitador, fakie (um simulador de compressão paralela) e tremolo. Também disponibiliza um total de 400 loops e samples livres de direitos, e a biblioteca pode ser expandida adquirindo pacotes adicionais de sons. Estes pacotes, e as misturas produzidas, são guardados numa área chama “Audio Locker“. Quando carregadas, as músicas são armazenadas nos servidores em nuvem da Soundation, e estão acessíveis em todo o lado e a qualquer hora desde que haja uma ligação à Internet.

Os instrumentos virtuais incluem 3 sintetizadores – Simple, Mono e Super Raw, uma máquina de ritmos virtual e um instrumento com sons de ruído branco. Inclui ainda um reprodutor de samples chamado SAM-1 com 5 instrumentos – piano acústico, piano House, piano Rhodes, órgão B3 e órgão de tubos, controlados pelo teclado virtual (e agora, também por teclado MIDI externo).

A PowerFX, empresa responsável pelo Soundation Studio, dedica-se à produção de samples há mais de 10 anos. Os seus sons e samples fazem parte de produtos como o Apple Garageband, o Apple Logic, o Dimension Samples da Cakewalk, Reason Strings para a Propellerhead, Ableton Live, MOTU ou no Ring Tone Creator da SanDisk.

EGITANA