Ditto Looper X2, Harmonizações Épicas de Manowar [Vídeo]

Ditto Looper X2, Harmonizações Épicas de Manowar [Vídeo]

Redacção

Aquilo que havia ainda para melhorar em relação ao Ditto Looper original foi feito com enorme classe pela TC Electronic nesta versão. Recriámos a extravagância de guitarras de Dave Shankle na marcha fúnebre de “Achiles, Agony and Ecstasy”, dos Manowar.

O Ditto Looper X2 surgiu com a difícil missão de suplantar o modelo original. Esse modelo fez um tremendo sucesso por ser bastante simples e intuitivo, ter um excelente headroom, óptimo true-bypass e o som analógico, com 5 minutos de capacidade de loop e overdubs ilimitados. Características potenciadas neste modelo (e ainda mais ampliadas no novo modelo X4).

Capacidade de gravação até 5 minutos máximos em áudio 24-bit; capacidade ilimitada de overdubbing. Controlo FX que pode ser designado como Stop ao sinal. Switch interno que permite alterar a funcionalidade do pedal da sequência loop/play/overdub para loop/overdub/play. I/Os em stereo. Conectividade USB. Funciona com uma ou duas pilhas de 9V.

Basicamente, o Ditto X2 manteve tudo do modelo original e acrescentou-lhe capacidade de efeitos: reverter a reprodução dos loops e manipular a velocidade. E, claro, ambos os efeitos podem ser usados simultaneamente. Tornando o Ditto Looper ainda mais funcional, o X2 possui um botão de Stop (usando o switch de FX), que permite parar o loop no exacto momento pretendido. Isto, em ambiente de concerto, pode ser absolutamente decisivo na performance do músico.

As novas funcionalidades (conectividade USB, efeitos) acrescentam ainda mais versatilidade ao pedal. Enorme headroom e buffer, o acréscimo “infinito” de overdubs não comprime o som nem prejudica a reprodução.

Uma excelente característica do Ditto X2 é a possibilidade de transferir os loops criados para o vosso software de edição áudio. Aliás, além de os poderem exportar, podem também importar outros que tenham armazenados na vossa DAW. Isto anula a necessidade de estar sempre sob a pressão de criar novos loops, em tempo real, cada vez que quiserem mudar algo na vossa actuação.

Naturalmente que esta funcionalidade permite que possam usar loops criados por grandes nomes da guitarra eléctrica. A TC Electronic trabalhou a funcionalidade StarJam com nomes como Steve Morse, Steve Stevens ou Paul Gilbert e, na compra do Ditto X2, podem descarregar gratuitamente loops desenvolvidos por estes e outros “tubarões” e tocar por cima deles.

Mas quisemos fazer algo ainda mais extremo! Emulámos o épico solo orquestral de guitarra de Dave Shankle, na parte da marca fúnebre de Pátroclo, no colossal tema “Achilles, Agony & Ecstasy in Eight Parts”, do álbum “The Triumph Of Steel”, dos Manowar, e exagerámos o número de harmonizações e overdubs, para ilustrar a enorme capacidade sonora do pedal.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA