Um rig no bolso

Um rig no bolso

Timóteo Azevedo

A IK Multimedia lançou um interface para o iPhone, iPad e iPod touch que permite andar com um rig completo dentro do bolso – o iRig.

Com uma entrada standard de instrumento de jack de 1/4′, o iRig permite que o sinal entre no iPhone/iPad/iPod touch através do jack TRRS de 1/8′ standard aos aparelhos iOS. O iRig tem ainda uma saída típica de auscultadores, de 3,5mm, de forma a conseguires ouvir o que estás a trabalhar. Depois de ligares o teu instrumento, basta carregares a aplicação AmpliTube iOS (também da IK Multimedia) ou qualquer outra que prefiras, e estás pronto para começar.

O nome AmpliTube já existe desde 2002, e foi um dos primeiros softwares de emulação de rigs completos. Amplificadores, pedais de efeitos, afinadores, metrónomo, colunas de altifalantes e até mesmo vários tipos de microfone, são todos programáveis para construíres o tom que procuras. E as opções vão aumentando, com a IK Multimedia a fornecer updates e novidades de forma regular. A AmpliTube também tem algumas opções para ensaiares, com opção de play along de músicas que estão na biblioteca dos aparelhos, para além de ser possível definir um loop num trecho específico. Outras opções incluem desacelerar a reprodução para treinar uma passagem mais difícil e um botão “No Voice” que permite tirar o centro da mistura, onde geralmente se ouve a voz e os solos, deixando-te espaço para ensaiar esses elementos.

Esta aplicação permite ainda gravar as ideias em que estejas a trabalhar, o único limite sendo a memória do aparelho. A função de gravação pode ser expandida até quatro pistas com Master Effects, oferecendo a possibilidade para afinar a gravação usando Equalização, Compressão e Reverberação. A opção de reverberação é programável para cada um dos canais, com um sliderreverb send” que permite enviar parte ou a totalidade do sinal para um master totalmente ajustável. O gravador tem ainda uma função de “re-amping“, que permite gravar o sinal sem qualquer processamento e deixa-te livre para experimentares diferentes setups sem teres de regravar.

Para além de guitarras e baixos, a IK Multimedia afirma que o iRig pode ser usado com fontes que debitam sinal de linha, como teclados, sintetizadores e mesas de mistura.

O iRig destaca-se como uma boa opção para quem precisa de soluções leves e compactas para as suas necessidades de composição, como músicos que passam muito tempo na estrada. Um interface muito atractivo para trabalhar uma ideia enquanto se está no backstage à espera do início do concerto, ou no quarto de hotel antes da viagem do dia seguinte.

EGITANA