Yamaha Guitalele

Yamaha Guitalele

Redacção

O GL1 é apenas mais uma das provas de que a Yamaha está sempre à frente do tempo! Instrumento super divertido.

Os ukeleles já são «tão 2010». Talvez com isso em mente, além de que é sempre uma trabalheira ter que aprender a tocar um novo instrumento, a Yamaha recuperou o Guitalele em 2015 – que na verdade foi, originalmente, lançado em 1997, prova de que a Yamaha gosta de andar à frente do tempo, mas nessa altura a “cena” portátil eram os infernais djembe.

Portanto, o Guitalele permite ter um instrumento portátil sem a necessidade de alterar a configuração mental para tocar as músicas e escalas que já estão decoradas na guitarra. O GL-1 é uma guitarra com uma escala e corpo tipo uke, que se afina como se tivessem um capo no quinto traste duma guitarra convencional: ADGCEA. O corpo é composto por madeiras laminadas, com um tampo em spruce e as costas e lados em meranti. Se receiam que o braço seja demasiado estreito, podem ficar descansados, com uma largura de nut de 49mm há mais espaço que numa Stratocaster, por exemplo.

Super portátil, despido de graves, mas com excelente projecção. O GL1 pode parecer um brinquedo, mas é um óptimo instrumento!

Contudo no corpo, o espaço entre cordas não abunda, para dedilhados com a mão direita. Uma palheta poderá ser mais útil, além de aumentar a projecção sonora que, apesar não não ter muito corpo de graves, devido ao tamanho ultra compacto, não deixa de ser considerável. O Jorge Loura, dos Souq, passou na nossa redacção para brincar com um e, só para nos contrariar, não precisou de palheta. Quem sabe, sabe.

Pode ser usado em qualquer altura e em todo lado e o preço do GL1 é irresistível, ainda mais com a nossa revista! Podem comprar a Arte Sonora impressa num pack promocional que inclui um Guitalele. Descubram mais na nossa loja.