10

B.B. King

One Kind Favor

Geffen, 2008-08-26

EM LOOP
  • See That My Grave Is Kept Clean
  • How Many More Years
  • The World Gone Wrong
  • Midnight Blues
Nero

A grande questão é que Riley B. King tinha oitenta e três anos de idade, quando gravou este “discaço”! O seu último trabalho de originais.

Não há idade aqui na redacção nem, devido a isso, um nível tão aprofundado de conhecimento da obra do inimitável guitarrista, e muito menos ousadia, para poder afirmar que este trabalho seja o melhor álbum do guru do blues, mas pode afirmar-se que é, sem dúvida, um grande álbum. A partir daqui há pouco a dizer, toda a gente conhece bem as características do som deste senhor – uma voz expressiva, cheia de soul, aqueles solos de guitarra carregados de bending, com um groove que não é necessário adjectivar. Bastaria dizer que o groove nasceu com o blues e B.B. King foi a sua babysitter. E aquele vibrato

Também seria inútil fazer qualquer apontamento sobre a produção do álbum, pois seria redundante falar de algo perfeito. Mas, hoje em dia, não faltam toneladas de álbuns com produção perfeita, o problema será aquilo que têm para oferecer musicalmente. No final, é sempre a música que conta mesmo. Ora, aquele que, para tantos, é um dos melhores guitarristas da história, tem música na ponta dos dedos, na alma, no coração. Ouvir este álbum é como se estivéssemos perante uma daquelas figuras arcanas com poder e autoridade incontestável ou então como uma árvore, carregada de anéis de história. É como se estivesse registada, neste álbum, toda a essência do blues.

Agora, no fim, o único lamento é que, a partir de certa altura, o Rei tenha passado tanto tempo metido em álbuns com duetos, com manobras comerciais. Este último álbum foi a prova de que não necessitava de qualquer coisa dessas e parecia ser, precisamente, uma afirmação nesse sentido. Afinal, o tema de abertura, “See That My Grave Is Kept Clean”, é o «kind favor» que o músico pedia aos que já o tinham afirmado morto, ao mesmo tempo que afirmava ainda: “I Have The Blues Before Sunrise”!