9

Ben Harper & Charlie Musselwhite

Get Up!

Universal Music, 2013-01-29

EM LOOP
  • I’m In I’m Out And I’m Gone
  • I Don’t Believe A Word You Say
  • Blood Side Out
Nero

“Get Up!” poderá não surgir no topo das listas de vendas, mas encima a lista dos melhores álbuns de Ben Harper.

A alternar a sua discografia mais “surfer friendly”, Ben Harper faz discos como este “Get Up” que nos recordam que, quando deseja fazê-lo, é um dos mais importantes músicos do blues contemporâneo. Quando junta esse desejo a um nome como Charlie Musselwhite (um demónio do blues na harmónica – ou o realejo, se preferirem num português mais rural), o resultado é um disco tremendo do início ao fim.

Ambos os músicos conheceram-se numa sessão de estúdio com John Lee Hooker, nome que jaz como uma sombra em vários momentos do disco. E depois há momentos ainda bluesy, mas com a harmónica electrificada e um porte hard rock tremendo, como “I Don’t Believe a Word You Say” ou “Blood Side Out”. Que fogo! De facto, “Get Up!” fará mais pelo blues no circuito mainstream que 10 álbuns de duetos em que possam enfiar B. B. King.

Eventualmente, só “You Found Another Lover (I Lost Another Friend)”, com as teimosias de Harper naquela estética de canção à volta da fogueira na praia, destoará do conjunto visceral de temas que nos é oferecido. Felizmente, a densidade mississipiana cruzada com o negrume country de Johnny Cash que surge em “I Ride at Dawn”, permite-nos voltar imediatamente ao mood original deste álbum – sentimo-nos tipos duros de roer apenas por estar a ouvi-lo.