Process of Guilt @ VOA 2017

Process of Guilt @ VOA 2017

2017-08-04, Quinta da Marialva, Corroios
Nero
7
  • 7
  • 7
  • 7

Novas formas de desolação. Está a chegar Black Earth…

O curto, mas arrasador set dos Process Of Guilt foi tão abrasivo quanto o calor que se fazia sentir na Quinta da Marialva, na abertura do VOA 2017. Nesse momento, com o desolador aspecto do recinto vazio, quase se podia podia imaginar a terra queimada através dos riffs de “Black Earth”. Mas há que dizer que, após o contraste entre agressividade de “(No) Shelters” e o groove de “Faemin”, o terceiro tema e segundo avanço do próximo álbum mostrou a banda (tal como todas as outras que actuaram entre as 17h e as 19h horas, nos dias de festival) a ressentir-se do calor – os músicos teriam que ser sobre-humanos para o evitar – e o seu desgaste fez-se sentir na execução de “Hoax”. Além do quão desmotivante terá sido tocar para, naquela altura, duas vintenas de pessoas.

Após a gravação do sucessor do uber aclamado “Faemin”, os Process Of Guilt estão numa fase de transição, o que poderá ter tido também reflexos na performance – afinal já vimos a banda ser colossalmente metódica na sua força conjunta. Ainda assim, a força desoladora dos temas de “Black Earth” parece prometer duas coisas: há uma maior agressividade nos temas, fruto de um acréscimo de bpms, em comparação com a “cadenciação” do álbum anterior, e isso exige uma maior expansão técnica dos músicos, principalmente num maior protagonismo da secção rítmica. O som do concerto revestiu a banda de um pouco usual poder no baixo que, no tema final, tornou-se mesmo excessivo.

Mesmo a “meio gás”, em relação ao que já os vimos fazer, os Process Of Guilt seriam sempre um dos maiores motivos de interesse num palco que, excluindo os Carcass, se revelou uma obra-prima de insipidez.

SETLIST

  • (No) Shelters
  • Faemin
  • Hoax