Riverside

2011-09-07, Santiago Alquimista, Lisboa
Redacção

O quarteto polaco, constituído por Mariusz Duda (Voz & Baixo), Piotr Grudzinski (Guitarras), Piotr Kozieradzki (Bateria) e Michal Lapaj(Teclados), entrou em palco à hora marcada (21h30), não havendo banda de abertura devido à longa duração do set.

A banda presenteou-nos com um concerto de aproximadamente 2 horas, onde nos surpreenderam com o seu Rock Progressivo cheio de ambiência, versatilidade e destreza técnica.

Iniciaram com o tema “After” do seu segundo álbum Second Life Syndrome”, continuando no mesmo registo de 2005 com “Artificial Smile”. A sala não estava cheia, pois o público espalhou-se entre a plateia e o balcão, havendo espaço suficiente para todos poderem desfrutar e apreciar o espectáculo em boas condições de visibilidade, apesar do palco ser bastante baixo. Desfilaram temas de todos os seus registos, incluindo duas músicas do seu último EP “Memories In My Head”, lançado em 2011 por ocasião da comemoração dos 10 anos da banda.

Houve uma forte interacção com o público em músicas como “Left Out”, onde o coro e a linha instrumental foi entoada por todos os presentes e “02 Panic Room”, uma das músicas mais reconhecidas e cantada com entusiasmo.

Apesar de quase todas as músicas terem duração entre 6 a 10 minutos, a banda consegue cativar a atenção durante todo o espectáculo, sem aborrecer ou desinteressar.

O vocalista Mariusz Duda esteve muito comunicativo, interagiu bastante com a audiência e mostrou o seu agrado pela calorosa recepção em terras lusas, referindo o interesse da banda em regressar ao nosso país no próximo ano. Mostrou também o seu bom humor dizendo que os Riverside não são uma banda de Death Metal, como pode parecer. Questionou ainda a plateia sobre qual seria o resultado do jogo de futebol que estava a decorrer, mas ninguém lhe soube responder, o que revela que abdicaram de  assistir ao mesmo para estar no concerto.

Destaque especial para o som e a iluminação, que estiveram ao melhor nível, bem como todos os músicos que mais uma vez comprovaram o seu talento e qualidade técnica. O seu set terminou com um medley dos temas “Second Life Syndrome” e “Parasomnia”. Mas o público pedia mais! Apelo ao qual o quarteto prontamente respondeu voltando ao palco por mais duas vezes, completando a excelente noite com dois encores, arrebatando por completo a assistência!

Por Pedro Raimundo | Fotos Joana Cardoso

SETLIST

  • After
  • Artificial Smile
  • Hyperactive
  • Living In The Past
  • Ultimate Trip
  • Conceiving You
  • Egoist Hedonist
  • Left Out
  • 02 Panic Room
  • Second Life Syndrome / Parasomnia
  •  
  • Encore I
  • Fogotten Land
  • Reality Dream III
  •  
  • Encore II
  • The Curtain Falls