SBSR’16: Peixe:avião, o espaço aqui tão perto

SBSR’16: Peixe:avião, o espaço aqui tão perto

Bernardo Carreiras
7
  • 7
  • 6
  • 8
  • 6

A banda de Braga trouxe o seu mais recente álbum “Peso Morto” ao palco Antena 3 do Super Bock Super Rock.

O relógio batia as 21 horas e muitos eram os que se encontravam sentados nas escadas do Meo Arena com vista para o palco Antena 3 para escutar os Peixe:avião. Quer estivessem apenas a queimar tempo para os concertos que iam decorrer nos outros palcos, a verdade é que ninguém fica indiferente ao rock com cada vez mais elementos electrónicos do conjunto.

O quinteto apresentou, principalmente, o mais recente projecto “Peso Morto”, cujas novas sonoridades abrem caminho para uma direção que tanto tem de introspectiva como  de orbital.

Durante alguns minutos fomos todos um “peso morto” a pairar pelas atmosferas que a música dos Peixe:avião espelha, e que bem que soube.

A disposição da banda em círculo transforma o seu espectáculo numa nova experiência que vive muito das dinâmicas de interação entre os vários elementos.

Cada vez mais experientes,  estes bracarenses  parecem ter já um espaço bastante sólido no panorama musical português. Durante alguns minutos fomos todos um “peso morto” a pairar pelas atmosferas que a música dos Peixe:avião espelha, e que bem que soube.

Fotos: Alex Oliveira