The Black Wizards @ VOA 2017

The Black Wizards @ VOA 2017

2017-08-04, Quinta da Marialva, Corroios
Nero
7
  • 8
  • 7
  • 6
  • 8

Com What The Fuzz a chegar, a banda ganha mais espontaneidade na execução.

Ao que parece, os The Black Wizards surpreenderam uma boa parcela do público que se reuniu em frente ao palco LOUD! (o palco secundário no VOA). Mas o que nos surpreendeu a nós foi constatar essa surpresa ou a falta de atenção que se presta às bandas nacionais até estas chegarem a palcos mainstream.

A banda está numa fase mais experimental, procurando integrar ao vivo o álbum “What The Fuzz!” (é editado dia 01 de Setembro). Do novo disco tocaram “Fire e “I Don’t Wanna Die”, temas onde é mantida a devoção à década de 70 na “história roqueira”, mas onde a maior profusão de confrontos dinâmicos e de alterações rítmicas parece oferecer uma maior liberdade de improvisação aos músicos. Infelizmente, a actuação perdeu bastante devido a um mau som. Com as guitarras bastante embrulhadas e sem poder na bateria, houve falta de algum groove que é vital nas canções da banda. Além dos vários momentos a solo dos músicos terem perdido pertinência, ressoando pouco.

Foi uma situação recorrente no palco secundário, a má qualidade e falta de potência do som (algo que também se repetiu no palco principal), da mesma forma que foi recorrente a ferocidade das bandas escolhidas pela publicação nacional de música extrema. Os The Black Wizards não fugiram à regra. E se Joana Brito ainda parece mostrar-se menos confortável nos seus pressupostos vocais que nos de guitarra (algo que não faz sentido), a baterista Helena Peixoto foi a estrela deste concerto, compensando a falta de ataque na bateria com um vigor de execução dentro da melhor tradição da década que a banda emula sonoramente.

SETLIST

  • Pain
  • Fire
  • I Don’t Wanna Die
  • I Don’t Mind
  • (A ordem pode não estar correcta, mas foram estes os temas)