Voltemos aos anos 60 com os The Baron 4

Voltemos aos anos 60 com os The Baron 4

2015-12-04, Barreiro Rocks
Tiago da Bernarda
8
  • 9
  • 8
  • 9
  • 7

Mesmo com um membro a menos, os ingleses conseguiram dar um dos melhores concertos da primeira noite do Barreiro Rocks.

Os The Baron 4 apresentaram-se naquela noite como “The Baron 3”. Sim, faltava um membro na banda. Mas isso não impediu os britânicos de darem um dos grandes concertos da noite.

Colados ao som dos The Kinks e dos The Sonics, os The Baron 4 vieram a convite da Groovie Records, editora independente portuguesa perita em rock n roll nas suas várias vertentes, e lentamente foram conquistando a plateia. A fórmula já muitos conheciam. Canções sobre miúdas, as tentativas de conquistas que nem sempre corriam bem, amor, luxúria com um jeito pop inofensivo. A típica banda dos geeks da música influenciados pelos discos dos pais.

Mas o que começou com uma prestação calma e com uma postura há anos 1960, gradualmente começou a intensificar. Deixaram de parecer uma cover band de oldies. Rapidamente mostraram a sua veia punk, saída directamente das garagens sujas de Inglaterra, culminando numa versão extensa de “I Just Want To Make Love To You”, de Etta James. Tão extensa que parecia que não queriam sair do palco. E pela reacção do público, dir-se-ia que era uma vontade unânime.

Foto: Vera Marmelo