Dino D’Santigo e Rubel no Super Bock Super Rock 2019

Dino D’Santigo e Rubel no Super Bock Super Rock 2019

António Maurício

A 25º edição do festival realiza-se nos dias 18, 19 e 20 de Julho no Meco, em Sesimbra.

De 18 a 20 de julho, o Super Bock Super Rock está de regresso ao Meco. A confirmar a diversidade para a 25º edição, o festival anunciou duas novidades que prometem trazer outros ritmos ao Festival: o português Dino D’Santiago e o brasileiro Rubel.

A música sempre esteve presente na vida de Dino D’Santiago. Os seus pais faziam parte do coro da igreja e foi precisamente neste coro que Dino e seus dois outros irmãos começaram a cantar todos os domingos até ele sair de casa para fazer parte de um show de talentos na televisão, o que impulsionou a sua carreira como cantor e compositor. Durante vários anos Dino foi o vocalista ideal de uma geração de bandas de música hip hop e r&b em Portugal. Em 2010 acompanhou o seu pai numa viagem de volta às suas raízes familiares na ilha de Santiago, experiência que viria a mudar a sua trajectória musical. “Eva”, editado em 2013, foi aclamado pela crítica e mostrou essa relação com a música cabo-verdiana, a música que os pais lhe deram para ouvir quando ainda era criança. Hoje, Dino D’Santiago, dedica seu talento a unir os tradicionais ritmos da morna, batuku e funaná ao r&b contemporâneo e à música electrónica progressiva. “Mundu Nôbu” é o disco mais recente de Dino D’Santiago, editado no final do ano de 2018. Neste registo assume-se como umas das grandes vozes da música portuguesa. Identificado com o seu passado e com as influências de sempre, este álbum também aponta para o futuro da música lusófona e da própria arte de Dino D’Santiago.

Rubel é um dos nomes mais fortes da nova Música Popular Brasileira. E se ainda existissem dúvidas quanto a isso, o último ano só veio confirmar ainda mais este grande talento: foi nomeado para um Grammy Latino com o disco “Casas”, deu mais de 65 concertos em 51 cidades diferentes, colaborou com os rappers Emicida e Rincon Sapiência, teve música a servir de banda sonora para duas novelas de Globo, foi capa da GQ ao lado de Zeca Veloso e ainda viu o seu tema “Quando Bate Aquela Saudade” ultrapassar a marca de 30 milhões de visualizações no YouTube. O último disco, “Casas”, editado em 2018, continua a revelar essa proximidade com a MPB, ao mesmo tempo que se aproxima do rap e do r&b, sendo mesmo influenciado por nomes como Frank Ocean ou Chance The Rapper. Na próxima edição do Super Bock Super Rock, o público português vai ter oportunidade de ouvir algumas destas novas canções, como “Mantra” e “Colégio”, além dos sucessos “O Velho e o Mar” e “Quando Bate Aquela Saudade”. Rubel vai estar acompanhado por Antônio Guerra (teclado e piano), Gui Held (guitarra), Pablo Arruda (baixo), Pedro Fonte (bateria), Bubu Silva (trompete), Tiquinho (Sax), Marcelo Pereira (Trombone) e João Luchese (Programações).

O dia 18 de Julho já se encontra esgotado. O bilhete diário para os restantes dias custa 60€ e o passe para os três dias 110€.

CARTAZ

18 de Julho – ESGOTADO
Palco Super Bock
Lana Del Rey
The 1975
Jungle
Cat Power

Palco EDP
Metronomy
Branko
Glockenwise
Dino D’Santiago

Palco Somersby
Roosevelt
Conan Osíris

Palco LG by Rádio SBSR
Sallim

19 de Julho
Palco Super Bock
Kaytranada
Christine and the Queens
Shame

Palco EDP
Charlotte Gainsbourg
Calexico and Iron & Wine
FKJ
Conjunto Corona

Palco Somersby
Ezra Collective

Palco LG by Rádio SBSR
Galgo

20 de Julho
Super Bock
Migos
Disclosure DJ Set
Profjam
Janelle Monáe

Palco EDP
Gorgon City
Masego
Superorganism
Rubel