Passatempo Van Morrison: Temos 3 CDS “Latest Record Project: Volume 1” Para Oferecer [ENCERRADO]

Passatempo Van Morrison: Temos 3 CDS “Latest Record Project: Volume 1” Para Oferecer [ENCERRADO]

Redacção

VENCEDORES: 1.André Bernardo 2.Eduardo Queirós 3. Miguel Fonseca

Agradecemos a participação de todos.

—–

Van Morrison editou o seu 42.º, “Latest Record Project: Volume 1”, em Maio, via Exile/BMG. A Arte Sonora em parceira com a BMG tem 3 cds para oferecer.

Por muito que se goste dos álbuns clássicos de Van Morrison, este novo projecto pretende provar que o músico «vive no presente». Sendo o seu álbum mais dinâmico e contemporâneo em anos, “Latest Record Project: Volume 1” é um contínuo amor aos blues, R&B, jazz e soul.

“Latest Record Project: Volume 1” é o resultado do forçado período de isolamento. Não sendo possível partir em digressão, Morrison manteve-se ocupado escrevendo constantemente novas músicas, explorando novas ideias ao piano, guitarra ou saxofone. O que emergiu foi uma riqueza de novo material, que brilha com a franqueza e vibração que resultam do trabalho rítmico que vem desenvolvendo e que partilha de imediato, numa conexão espontânea.

O rei da alma celta é um num milhão, um barítono que vai direto ao coração, como que um zumbido que fica ali guardado no bolso de um órgão quente, acompanhando por harmonias vocais. Outros destaques vão surgindo, desde o saxofone em  “Jealousy”, a jóia do R&B até “A Few Bars Early” com uma sonoridade alegre e com um toque country, passando pelo animado rock de garagem de “Them ao Stop Bitching”, “Do Something que se explica a si próprio.

Enquanto o álbum toca no lado romântico e no calor da madrugada, pelo qual os fãs gostam de Morrison, o tema predominante fala da vida contemporânea. “Dead Beat Saturday Night” com uma postura que informa que bloquear a vida é na verdade um estilo de vida prático: «Sem vida, sem concertos, sem escolha, sem voz». “Where Have All The Rebels Gone” traz a sonoridade do rock’n’ roll que se toca nos bares, e que lamenta a ausência de um pensamento independente, muitas vezes substituído na idade moderna por uma simples postura. E como é que Morrison vê as redes sociais? Está refletido em “Why Are You On Facebook?”.

As letras de “Love Should Come Wish A Warning” e “Mistaken Identity” foram escritas com o grande Don Black. A aproximação de Morrison a Black deu-se depois de identificar o seu estilo de vida com a balada “On Days Like These”, interpretada por Matt Monro no filme The Italian Job. Isso levou Black a escrever “Umistiken Identity” que paradoxalmente é a faixa mais autobiográfica do álbum.

“Latest Record Project: Volume 1” está disponível em CD duplo, CD-deluxe, triple-vinil e formatos digitais aqui.

A Arte Sonora tem 3 cds  “Latest Record Project: Volume 1″* para oferecer. Para te habilitares a ganhar um deles só tens que responder correctamente à seguinte pergunta e seres um dos seleccionados via Random.org. Passatempo válido apenas em Portugal, até às 18h00 de dia 21 de Maio de 2021.

*O CD oferecido será apenas o Volume 1 e não o CD duplo.

Podes consultar o regulamento do passatempo, aqui.

EGITANA