Paul McCartney Ainda ‘Consulta’ John Lennon Quando Escreve Novas Canções

Paul McCartney Ainda ‘Consulta’ John Lennon Quando Escreve Novas Canções

Redacção

A parceria de Paul McCartney com John Lennon persiste para além da morte.

Ao aproximar-se o 40º aniversário do assassinato de John Lennon, o seu antigo parceiro compositor nos The Beatles, Paul McCartney, revelou que ainda consulta mentalmente o seu velho amigo sempre que se prepara para juntar novas ideias musicais.

«Colaborámos durante tanto tempo que eu penso ‘OK, o que pensaria ele disto? O que diria ele agora’?», revela McCartney numa entrevista à revista Uncut, exemplificando: «Ambos concordamos que esta nova canção de que estou a falar não vai a lado nenhum. Por isso, em vez de ficarmos sentados, destruímo-la e refazêmo-la. Comecei esse processo ontem no estúdio. Tirei-lhe as vozes e decidi escrever umas novas. Penso que agora vai numa direcção melhor».

Na mesma entrevista, McCartney revela que pensar em Lennon é simultaneamente amargo e doce, destacando o aniversário do seu velho amigo (9 de Outubro) como uma ocasião carregada de emoções «felizes e tristes». Lennon teria feito 80 anos este ano.

«Lembra-me que ele foi assassinado – mas também me lembra os tempos fantásticos que tivemos», diz McCartney, recordando: «Tenho tendência a pensar nos tempos iniciais. Lembro-me, tentámos apanhar boleia para Espanha uma vez, mas só chegámos a Paris. Gostámos tanto, que ficámos lá, só nós os dois. Estávamos neste pequeno hotel em Paris, era tão barato que tinha pulgas. A minha mãe era enfermeira, nós éramos muito higiénicos, depois acabamos aí nesse maldito inferno! Essas coisas aproximam-te».

John Lennon foi assassinado por Mark Chapman em Nova Iorque no dia 8 de Dezembro de 1980. Num desenvolvimento algo macabro, o álbum que Lennon assinou para o seu assassino apenas cinco horas antes da sua morte, está a ser posto a leilão. Os Leilões Goldin descrevem a cópia autografada de “Double Fantasy” como «indiscutivelmente a mais importante relíquia do Rock N Roll alguma vez à venda», estando o lance mínimo fixado nos 400 mil dólares.

Já o novo álbum a solo de Paul McCartney, “McCartney III”, tem lançamento previsto para 18 de Dezembro.