Super Bock Super Rock 2019: Cartaz completo e informações úteis

Super Bock Super Rock 2019: Cartaz completo e informações úteis

Rodrigo Baptista

Prepara-te para o SBSR 2019 com informações sobre o recinto, transportes, estacionamento e a responsabilidade ambiental do festival.

O Super Bock Super Rock regressa ao Meco em 2019 para a sua 25ª edição que decorre entre os dias 18 e 20 de Julho. Na conferência de imprensa, a organização procurou apresentar um festival mais sustentável ao adoptar novas medidas em relação à mobilidade dos festivaleiros, bem como uma procura de sensibilizar o público para as responsabilidades ambientais. Este ano o recinto do festival também apresenta uma disposição diferente das edições anteriores realizadas no Meco. A organização já revelou o cartaz completo. Consulta aqui em baixo.

17 de julho, Warm-up SBSR (passe 3 dias)

Curadoria Discotexas com Moullinex (DJ set), Xinobi (DJ set), DJ Vibe (DJ set); Da Chick (live); MEERA (live); Oma Nata (live)

18 de julho

Palco Super Bock – Lana Del Rey, The 1975, Jungle, Cat Power
Palco EDP – Metronomy, Branko, Dino D’Santiago, Marlon Williams, Glockenwise
Palco Somersby – Sebastian, Roosevelt, Conan Osiris
Palco LG by Rádio SBSR – Sallim, Madrepaz, Grandfather’s House

19 de julho

Palco Super Bock – Phoenix, Kaytranada, Christine and the Queens, Shame
Palco EDP – Charlotte Gainsbourg, Capitão Fausto, Calexico and Iron & Wine, FKJ, Conjunto Corona
Palco Somersby – Dâm-Funk, Ezra Collective, Roméo Elvis
Palco LG by Rádio SBSR – Galgo, FUGLY, The Twist Connection

20 de julho

Palco Super Bock – Migos, Janelle Monáe, Disclosure (DJ Set), Profjam
Palco EDP – Gorgon City, Masego, Superorganism, Rubel, The Blinders
Palco Somersby – Booka Shade, Mike El Nite, BaianaSystem
Palco LG by SBSR – Estraca, TNT, Pedro Mafama

Recinto

De regresso à praia do Meco em Sesimbra, onde se realizaram algumas das edições mais memoráveis da sua história, preparam-se as condições para proporcionar uma experiência de festival fora do ambiente citadino do quotidiano, potenciando a relação que se estabelece entre os artistas em palco e o público. O local onde estará instalado o recinto de concertos é um terreno diferente daquele que o público já conhece das edições anteriores, e onde existe um tapete de vegetação tratado para assegurar um piso verde natural, onde estarão instalados os vários palcos do Super Bock Super Rock.

Campismo

O espaço de campismo, gratuito para os portadores do passe de 3 dias, é o mesmo das edições anteriores, debaixo da magnífica sombra dos pinheiros mansos da Herdade do Cabeço da Flauta. Abre na 4ª feira anterior, dia 17 de Julho às 10h, dia em que o recinto irá já receber os portadores do passe de 3 dias para um Warm-up assinado pela Discotexas, e fecha no domingo dia 21 às 20h. Para quem privilegia o maior conforto, são várias as opções para acampar no Festival, desde o glamping ao Car Camping para quem quiser montar a tenda junto ao seu carro, ou o campismo Exclusive para quem adquirir o passe Total Exclusive.

Autocarros

A organização assegura autocarros gratuitos para a Praia do Meco nos dias 18, 19 e 20 de Julho, entre as 9h00 e as 19h00, reforçados pelas boleias da Toyota. No regresso ao Meco, a mobilidade é um dos principais focos da organização.

  • Autocarros TST (Transportes Sul do Tejo), directos a partir de Lisboa e regresso ao final da noite
  • De Lisboa Praça de Espanha;
  • De Lisboa Gare do Oriente, via Ponte Vasco da Gama, nas horas de congestionamento da Ponte 25 de Abril.

Horários Autocarros TST

IDA

Lisboa, Praça de Espanha – SBSR (3,50€)
17 de julho – das 13h00 às 19h00
18 de julho – das 10h00 às 22h00
19 e 20 de Julho – das 14h00 às 19h00Lisboa,

Gare do Oriente – SBSR (4,50€)
17 e 18 de julho – das 10h30 às 22h00
19 e 20 de julho – das 13h00 às 20h00

REGRESSO

SBSR – Lisboa Praça de Espanha (3,50€):
Noites de 18, 19 e 20 de julho: das 02h00 às 05h00

SBSR – Lisboa Gare do Oriente (4,50€):
21 de julho – das 08h00 às 13h00

Comboio – Fertagus

Para que o público possa assistir ao último grande concerto dos dias 19 e 20 de julho, a Fertagus, em parceria com a Via Verde Transportes, vai oferecer um serviço especial de comboio que sairá da estação de Coina em direcção a Lisboa às 03h30 da manhã, com paragem em todas as estações. Para além deste serviço especial, manter-se-ão todas as ligações habituais entre Lisboa e Setúbal. Os horários podem ser consultados em fertagus.pt. O bilhete simples de 1 viagem entre Coina e Lisboa custa 3,35€ e pode ser adquirido na bilheteira da estação, nas máquinas automáticas ou, caso pretenda evitar as filas, através da app Via Verde Transportes.

Bolt e Uber

Para incentivar os festivaleiros a deixar o carro em casa e a procurar outras soluções de mobilidade, a Bolt apoiará a mobilidade no Super Bock Super Rock com um conjunto de iniciativas que pretendem facilitar as chegadas e saídas do recinto. Será criado um ponto de recolha no recinto do Festival para facilitar o encontro dos utilizadores com os motoristas e evitar embaraços de trânsito. Este ponto de recolha estará devidamente sinalizado na aplicação, de forma a tornar a experiência mais simples e intuitiva, indicando de forma clara o ponto de partida e chegada dos festivaleiros que optem por esta solução de mobilidade. Como a procura será muita, a Bolt realizará uma campanha com todos os seus motoristas para reforçar a oferta de carros na zona do Festival nas horas de maior movimento. Serão também disponibilizadas mais viaturas de 7 lugares – a categoria XL da marca, que podem transportar até 6 pessoas, de forma a reduzir o número de carros a deslocar-se até ao Festival, incentivando a que os vários grupos de festivaleiros partilhem um carro Bolt em conjunto. Os novos utilizadores terão ainda uma oferta da marca, no valor de 5€, para incentivar o download e uso da aplicação.

Também a Uber dará apoio à mobilidade do Festival. O ponto de encontro entre festivaleiros e motoristas estará também sinalizado nesta aplicação, para que fique claro para os utilizadores qual o local onde devem encontrar-se com os mesmos. A Uber fará ainda, a todos os seus motoristas, um briefing das best-practices a ter em conta ao deslocarem-se na zona do Festival, para que estes possam contribuir também para o melhor funcionamento do trânsito. Ambas as plataformas poderão ser utilizadas para ir e voltar à Estação de Coina, para quem utilizar os comboios da Fertagus.

Carro

As portas do recinto abrirão todos os dias às 15h00. De modo a prevenir enchentes e congestionamentos, a organização recomenda o público a chegar ao recinto cedo, a seguir rigorosamente as indicações das autoridades competentes e, sobretudo, a utilizar os transportes públicos reforçados e as várias opções alternativas de mobilidade. Além de facilitar o acesso, contribui para uma experiência mais confortável, económica e responsável. O estacionamento do Festival, com capacidade para corresponder à procura, terá sinalização, iluminação e equipas para auxílio ao estacionamento. Sempre em estreita coordenação com as autoridades competentes, será feita a gestão do trânsito na estrada que liga a Rotunda do Marco do Grilo ao Festival. Por outro lado, há hoje formas alternativas de chegar até à Rotunda do Marco do Grilo, nomeadamente usando a A33, que não existia aquando das últimas edições realizadas no Meco, evitando assim as filas de trânsito na Ponte 25 de Abril e na estrada nacional N378 que passa por Fernão Ferro.

Responsabilidade ambiental e sensibilização do público

No ano em que o Super Bock Super Rock tem a sua 25ª edição, na qual regressa ao Meco, a Música no Coração decidiu desenvolver uma abordagem global para o Festival, numa visão de médio prazo, tendo em conta os factores de responsabilidade ambiental associados à utilização de um espaço natural único. Um dos melhores exemplos do compromisso da organização com as questões da sustentabilidade é a utilização já nesta edição, de sanitários secos de compostagem no recinto do Festival e que servirá de teste para futuras edições. Eliminando o uso de químicos e de água, serão uma novidade pouco habitual encontrar-se em eventos de grande dimensão em Portugal. Trata-se de um sistema integrado para uma gestão sustentável de resíduos sanitários em eventos e espectáculos. Desenvolvido em 2012 para o mercado australiano, conheceu constantes melhoramentos e uma rápida internacionalização para o mercado europeu, contando com centenas de eventos no currículo, entre os quais festivais de referência como o de Glastonbury.

Depois dos copos reutilizáveis, a Super Bock introduz a primeira máquina de cerveja a energia solar nos Festivais de Música Naming sponsor desde a primeira edição, a Super Bock continua a inovar na aplicação das boas práticas ambientais no Festival. Os copos reutilizáveis sob a chancela da marca Super Bock estão de regresso, como não podia deixar de ser… mesmo os de edições anteriores! Com o objectivo de incentivar a reutilização, nomeadamente dos consumíveis de plástico, quem quiser pode levar os seus copos “amigos do ambiente” das edições anteriores do Super Bock Super Rock. É também da responsabilidade da Super Bock a instalação na área do camping de uma máquina de cerveja a energia solar, um projecto desenvolvido em parceria com a SunEffects, Energias Renováveis, Lda., que inclui um sistema de bebidas de pressão e permite a refrigeração de bebidas em latas, garrafas em PET ou em vidro.

Com o dia 18 já esgotado, os bilhetes para dia 19 e dia 20 continuam à venda e custam 60€, já os passes de 3 dias têm um custo de 110€. Podes adquiri-los nos locais habituais. Para mais informações consulta superbocksuperrock.pt/