VOA: Anthrax e Kreator entre confirmados

VOA: Anthrax e Kreator entre confirmados

Tiago da Bernarda

São quatro as novas confirmações para a primeira edição do festival VOA, em Corroios.

Os Anthrax são a mais recente confirmação a encabeçar o cartaz da primeira edição do festival VOA. Kreator, Mantar e Dark Oath juntam-se também ao cartaz ao festival de Heavy Rock, que decorrerá de 5 a 6 de agosto, em Corroios.

Anthrax é uma das figuras proeminentes do thrash. Durante os anos 80, o grupo nova-iorquino foi um dos principais responsáveis pelo surgimento e propagação do género. Combinando a velocidade e fúria do hardcore com as guitarras e vozes proeminentes da N.W.O.B.H.M., a banda liderada pelos inseparáveis Scott Ian e Charlie Benante ajudou a criar todo um novo subgénero do heavy metal e, três décadas depois, continua a dar cartas com uma vitalidade impressionante.

Por esta altura, Mille Petrozza e os seus Kreator são muitíssimo bem conhecidos do público nacional, tendo construído uma relação sólida e bastante próxima dos portugueses desde que, nos idos de 1993, se estrearam por cá num marcante concerto no Armazém 22, em Lisboa. Quando chegou ao nosso país pela primeira vez, o quarteto – que fica hoje completo com Ventor na bateria, Christian Giesler no baixo e Sami Yli-Sirniö na segunda guitarra – já era uma figura de proa do speed/thrash germânico, parte de um triunvirato demolidor que incluía também Destruction e Sodom.

Desde a sua criação em 2013 e do lançamento de seu primeiro álbum em 2014, os Mantar têm vindo a afirmar-se como uma das mais talentosas e esforçadas bandas da nova geração da música extrema. Não tocava junta há sequer um ano, mas a dupla formada por Hanno e Eric, uma metade alemã e a outra turca, achou que, no seguimento de um EP, seria uma boa ideia entrar em estúdio para registar o punhado de temas que tinha escrito entretanto. A 7 de Fevereiro de 2014, percebe-se por fim o que os movia. «Death By Burning», editado pela reputada Svart Records, revelou-se quase de imediato uma baforada de ar fétido numa latrina onde há muito o ar se tinha tornado irrespirável.

Os portugueses Dark Oath,  jovem banda nacional que promete dar que falar com a estreia “When Fire Engulfs The Earth”,  fazem música bem pesada, mas também épica, pautada por um sentimento vitorioso remanescente de outra época.

Os bilhetes custam 50 euros (passe dois dias) e 35 euros (bilhete diário) e encontram-se à venda nos locais habituais.

CARTAZ
Anthrax
Opeth
Kreator
Anathema
Katatonia
Mantar
Dark Oath