“Gaddiments”, O Primeiro Livro de Exercícios de Bateria de Steve Gadd

“Gaddiments”, O Primeiro Livro de Exercícios de Bateria de Steve Gadd

Redacção

Um dos melhores bateristas de todos os tempos, Steve Gadd prepara-se para, finalmente, lançar o seu primeiro livro de exercícios de bateria, com o sugestivo título “Gaddiments”.

A Hudson Music lançou um teaser para o novo e primeiro livro do baterista Steve Gadd, com o título “Gaddiments”, no qual é apresentada uma série de exercícios de rudimentos. Naturalmente, os rudimentos estão na base da forma de tocar de qualquer baterista e Steve Gadd não foge a essa regra, tendo utilizado, para o seu livro, ideias de exercícios inspiradas em muitos dos seus grooves e fills de assinatura.

A Hudson Music diz que «cada exercício é baseado num rudimento clássico ou contemporâneo», acrescentando que esses exercícios servem para «criar novos ritmos sem alterar a forma de usar as baquetas» e todos os solos «são escritos de uma forma que reforça a compreensão e a importância da fraseologia».

“Gaddiments” inclui 36 temas e conceitos, num total de 85 exercícios individuais, e cada um é acompanhado por uma demonstração em vídeo do próprio Steve Gadd. A notação no livro foi gravada à mão – um pedido feito pelo próprio Steve, que também concebeu o layout da página – para dar às lições um aspecto clássico e fácil de compreender.

O livro já está disponível para pré-encomenda (começará a ser expedido em meados de Junho), com três pacotes disponíveis. O pacote 1 custa cerca de 20 euros e inclui uma cópia autografada do livro, juntamente com um par de baquetas Vic Firth Steve Gaddiments Practice.

O pacote 2 adiciona ao livro um poster e um chapéu autografados, enquanto que o pacote 3 inclui todos os items anteriores mais um splash Zildjian de 8″ devidamente autografado.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.
EGITANA