Danko Jones, O Novo Álbum “Power Trio”

Danko Jones, O Novo Álbum “Power Trio”

Redacção

Em Agosto chega o 10º álbum de Danko Jones, “Power Trio”. Entre os detalhes do álbum, como data de edição, alinhamento e capa, o rocker canadiano estreou ainda o feroz single “I Want Out”.

O canadiano Danko Jones anunciou o lançamento do seu 10º álbum. “Power Trio” chega pela editora Mate In Germany, no dia 27 de Agosto. A banda já lançou o single “I Want Out”, um bagaço de rock’n’roll com uma mensagem aparentemente carregada da frustração que todos experimentámos ao longo dos últimos 12 meses.

No press sobre o “Power Trio”, lê-se: «É um título tão simples e evidente, mas carregado de significado, pois fala da especial alquimia triangular que Danko partilha com os seus cúmplices, o baixista JC e o baterista Rich Knox. Também firma o lugar da banda numa linhagem de titãs de três peças Jimi Hendrix Experience, ZZ Top, Rush, Mötorhead, Venom, Dinosaur Jr. e o Jon Spencer Blues Explosion, para citar apenas algumas».

«Quando se opta por iniciar um power trio, não se está simplesmente a formar uma banda, está-se a entrar num pacto de sangue – um reconhecimento tácito de que os três membros precisam de carregar a sua parte igual do peso para que toda a empreitada não colapse. Não há lugar para se esconder num power trio – nenhum segundo guitarrista para cobrir os teus erros, nenhum teclista para suavizar as coisas, nenhuma secção de sopros para distrair a multidão. Se um fizer merda, a banda inteira faz merda. Toda a gente precisa de estar sempre no seu melhor», refere correcta e filosoficamente o press.

01. I Want Out; 02. Good Lookin’; 03. Saturday; 04. Ship of Lies; 05. Raise Some Hell; 06. Blue Jean Denim Jumpsuit; 07. Get To You; 08. Dangerous Kiss; 09. Let’s Rock Together; 10. Dangerous Kiss; 11. Start The Show

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA