Eagles of Death Metal: «Queremos ser a primeira banda a tocar no Bataclan quando reabrir»

Eagles of Death Metal: «Queremos ser a primeira banda a tocar no Bataclan quando reabrir»

Tiago da Bernarda

A banda deixa-se entrevistar pela primeira vez desde os ataques em Paris. Baterista mostra-se ansioso por voltar a tocar.

Os Eagles of Death Metal deram a sua primeira entrevista desde os ataques em Paris, há duas semanas. Alguns ainda em choque, falaram sobre a sua experiência individual sobre a invasão ao concerto que resultou em mais de 100 mortes. «Muitas pessoas (…) esconderam-se no nosso camarim», disse Jesse Hughes. «Quando um dos assassinos chegou conseguiu disparar contra todos, excepto uma criança que estava escondida dentro do meu casaco».

Julian Dorio, por outro lado, mostrou-se mais esperançoso. «Queremos ser a primeira banda a tocar no Bataclan quando reabrir», confessou à VICE. «Os nossos amigos foram lá para ver rock n’ roll e morreram. Eu quero voltar e viver».

Na entrevista, mencionaram também a morte de Nick Alexander, encarregue do merchandise da banda nessa noite. «Penso como o Nick protegeu um dos seus amigos e como manteve-se em silêncio para não chamar a atenção», disse Josh Homme. Homme não estava a actuar nessa noite, mas marcou presença para dar o seu cunho à entrevista.

No final, cada um dos membros deixou a sua mensagem pessoal para os fãs da banda.

«Amamo-vos a todos e iremos ultrapassar isto juntos», disse Hughes. «Nenhum de nós teria conseguido lidar com esta situação sem o vosso apoio, especialmente dos fãs franceses. Sinto que estamos juntos nisto e sinto-me muito grato por isso».

No player em baixo podes ver a entrevista na íntegra.

EGITANA