Bill Murray pode roubar o álbum de Wu-Tang Clan

Bill Murray pode roubar o álbum de Wu-Tang Clan

Tiago da Bernarda

Após ter sido revelado o comprador milionário, Bill Murray tem autorização dos Wu-Tang para roubar o álbum.

Houve uma reacção comum de ultrage quando se soube quem realmente comprou a única cópia do último álbum dos Wu-tang Clan, “Once Upon a Time in Shaolin”, por mais de dois milhões de dólares. O comprador desta relíquia foi Martin Shkreli, mais conhecido por ser o jovem executivo que comprou os direitos de fabrico de um medicamento para pacientes diagnosticados com VIH e que aumentou o preço 5000% do valor original.

No entanto, foi publicado no Twitter parte do contracto assinado, em que estipula que qualquer membro activo dos Wu-Tang Clan poderá roubar o álbum sem repercussões. Escrito no contrato está também que o actor Bill Murray é a única outra pessoa com esse mesmo direito.

Ainda não foi confirmado se o documento publicado no Twitter é verdadeiro.

 

EGITANA

fender