Máquina Do Tempo: Quando A MTV Era Um Canal De Música E Censurava Os Metallica

Máquina Do Tempo: Quando A MTV Era Um Canal De Música E Censurava Os Metallica

Nuno Sarafa

14 de Novembro de 1996: o dia em que os Metallica desafiaram a MTV e acabaram banidos e censurados.

Corria o ano de 1996 e os Metallica eram convocados para o line up do MTV Europe Music Awards. A ideia do (então) canal de música – camuflada de censura – era que a banda de James Hetfield e companhia fizesse um concerto, digamos, comedido, sem palavrões, sem comportamentos agressivos.

Nos bastidores ficou combinado que a banda tocaria o single “King Nothing”, o quinto tema do sexto disco “Load” – ficando-se por aí. No entanto, num previsível acto de rebeldia, os Metallica não acataram a decisão da MTV e, depois da apresentação de Robbie Williams, o que aconteceu não foi bem o que estava combinado.

Em vez de “King Nothing”, os Metallica resolveram mostrar a sua indignação tocando duas versões punk naturalmente anti-sistema: “Last Caress”, dos Misfits, cuja letra fala sobre assassinato e violação, e “So What?”, dos Anti-Nowhere League, conhecida pelas palavras menos ‘agradáveis’. No final, houve microfones pelo chão e partes de bateria a voar…

A mensagem foi recebida com clareza pela MTV, a ponto de fazer com que a banda fosse banida daquele tipo de eventos por algum tempo. Além disso, a actuação foi censurada em todas as repetições dessa entrega de prémios. Mas a rede não perdoa e, uma vez na net, para sempre na net. Confirma:

EGITANA