Mr. Bungle a Rebentar Malhão dos Van Halen

Mr. Bungle a Rebentar Malhão dos Van Halen

Redacção

Mike Patton, Trey Spruance, Trevor Dunn, Scott Ian e Dave Lombardo a rebentar “Loss Of Control”, do álbum “Women And Children First” dos Van Halen, malha que estará no filme concerto dos Mr. Bungle que chega dia 11 de Junho.

Na sua primeira encarnação, Mr. Bungle era uma jovem banda de hardcore de Eureka, Califórnia. Os seus membros principais – o cantor Mike Patton, o baixista Trevor Dunn e o multi-instrumentista Trey Spruance – criavam rock experimental sob o nome Bungle nos anos 90. Mas o amor pelo thrash nunca se desvaneceu.

Ao contrário da maioria das reuniões de bandas, os Mr. Bungle procuraram revisitar a sua era mais obscura em vez de tocar os êxitos. A fim de completar o som da demo de Easter Bunny, os membros fundadores recrutaram um par de verdadeiros heróis do thrash: o baterista Dave Lombardo e o guitarrista Scott Ian dos Anthrax. Ambos fizeram uma digressão com a banda antes de irem para estúdio para regravar a demo, criando uma espécie de super-grupo.

Este disco (agora disponível) é uma clínica de thrash metal repleta de momentos memoráveis e de riffs velozes. As vozes distintas de Patton soam animadas e desconcertantes. Se a demo original tivesse soado tão bem em 1986, fica-se com a sensação de que os Mr. Bungle teriam tido uma longa carreira como banda de thrash. E embora as canções não sejam exactamente novas, “The Raging Wrath Of The Easter Bunny Demo” é o primeiro álbum de Mr. Bungle em 21 anos, após o lançamento do incrível “Califórnia”, em 1999.

“The Night They Came Home” foi um evento em streaming dos Mr. Bungle no final de 2020. Para promover o seu álbum The Raging Wrath Of The Easter Bunny Demo, o grupo reuniu não só a captação ao vivo de malhas do disco, como cenas de bastidores, vários convidados e ainda algumas versões de outras bandas, incluindo “Loss Of Control”, dos Van Halen, tocada em jeito de homenagem a Eddie Van Halen que faleceu nessa altura.

No mês de Junho, esse evento será editado em forma de álbum ao vivo, acompanhado pelo filme do concerto e já se pode ver e rever Mike Patton, Trey Spruance, Trevor Dunn, Scott Ian e Dave Lombardo a rebentar o malhão dos Van Halen.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.
EGITANA