Óscares: os vencedores das categorias de som

Óscares: os vencedores das categorias de som

Tiago Varzim

Já te tínhamos anunciado os nomeados, mas agora é tempo de anunciar os vencedores. A 87.ª cerimónia dos Óscares celebrou não só a 7.ª Arte em si, mas também os acompanhamentos que fazem desta tão especial. Nas categoria de som, o grande vencedor foi o filme “Selma”: a canção “Glory” de John Legend e Common venceu a categoria de Melhor Canção Original.

Legend e Common estiveram em palco justamente antes de serem anunciados como vencedores da categoria. A dupla, e mais uma extenso coro de várias etnias e raças, subiu ao palco dos Óscares para interpretar “Glory”, levando para casa não só a estatueta mas também os aplausos dos presentes (muitos fizeram uma ovação em pé) e o choro de muitas estrelas de cinema. Vê aqui o vídeo da actuação:

Descobre aqui os restantes vencedores das categorias de som nos Óscares 2015:

MELHOR BANDA SONORA
«O Grande Hotel Budapeste», Alexandre Desplat
«O Jogo da Imitação», Alexandre Desplat
«Interstellar», Hans Zimmer
«Mr. Turner», Gary Yershon
«A Teoria de Tudo», Jóhann Jóhannsson

MELHOR EDIÇÃO DE SOM
«Sniper Americano», Alan Robert Murray e Bub Asman
«Birdman», Martín Hernández e Aaron Glascock
«O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos», Brent Burge e Jason Canovas
«Interstellar», Richard King
«Invencível», Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro

MELHOR MISTURA DE SOM
«Sniper Americano», John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin
«Birdman», Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga
«Interstellar», Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten
«Invencível», Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee
«Whiplash – Nos Limites», Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley

Um dos momentos musicais da noite foi a homenagem de Lady Gaga a Julie Andrews.