R.I.P. Fast Eddie Clarke

R.I.P. Fast Eddie Clarke

Redacção

Ex-guitarrista dos Motörhead morreu no hospital aos 67 anos depois de ter sido internado com uma pneumonia.

Fast Eddie Clarke faleceu aos 67 depois de uma batalha com pneumonia. A noticia foi avançada no Facebook dos Motörhead:

«Estamos devastados por ter que passar a noticia que acabamos de ouvir esta noite… Edward Allan Clarke – ou como todos nós o conhecemos e adoramos, Fast Eddie Clarke – faleceu em paz ontem. Ted Carrol (que formou a Chiswick Records) fez o triste anuncio através da sua página de FB, e foi Doug Smith que passou a mensagem de que Fast Eddie faleceu em paz no hospital onde estava a tratar a sua pneumonia…»

O ex-membro dos Motörhead foi introduzido a Lemmy pelo baterista Phil “Philthy Animal” Taylor nos anos 70 e pouco tempo depois juntou-se ao grupo. Participou no álbum homónimo da banda em 1977, em “Overkill” (1979), “Bomber” (1979), “Ace Of Spades” (1980) e por último, em “Iron Fist” (1982).

Fast Eddie abandonou os Motörhead, por vontade própria, durante a tour do álbum “Iron Fist”, devido à sua insatisfação com o alinhamento de faixas produzidas nesse projecto. Juntou-se ao baixista Pete Way e juntos formaram os Fastway, onde editaram no total sete álbuns de estúdio. O último, “Dog Eat Dog”, foi editado em 2011.

Phil Campbell, ex-guitarrista dos Motörhead, exprimiu os seus sentimentos «Acabei de receber a péssima noticia de que o Fast Eddie Clark faleceu. Choque enorme, ele vai ser relembrado pelos seus riffs icónicos e era uma verdadeira estrela do rock. RIP Eddie.»

Tal como Mikkey Dee, ex-baterista da banda, e atualmente membro dos Scorpions «Oh meu deus, isto é uma péssima noticia, o último dos três amigos. Eu vi o Eddie à pouco tempo e ele estava em grande forma. Por isso isto é um choque completo. Eu e o Eddie sempre fomos bons amigos. Eu estava ansioso por o ver no Reino Unido este verão quando estivesse por lá com os Scorpions… Agora o Lem e o Philthy podem tocar com o Eddie outra vez, e se ouvires com atenção tenho a certeza que os vais ouvir, por isso mantém-te atento. Os meus sentimentos estão com a familia do Eddie e os seus amigos mais próximos.»