Soft Cell Vão Gravar Primeiro Álbum em 19 Anos

Soft Cell Vão Gravar Primeiro Álbum em 19 Anos

Redacção

Os Soft Cell confirmaram que estão a trabalhar no seu primeiro álbum de originais em 19 anos. Chega em 2022.

A dupla britânica de synth-pop, composta por Marc Almond e Dave Ball, está a trabalhar no sucessor de “Cruelty Without Beauty”, de 2002. O anúncio do novo álbum é uma absoluta surpresa para os muitos fãs que assistiram àquele que foi anunciado como o derradeiro concerto, na O2 Arena de Londres, em 2018.

Em declarações à imprensa, o multi-instrumentista Dave Ball lembrou que «antes do espectáculo de Londres», ele e Marc não se viam «há cerca de 15 anos», mas agora que se juntaram de novo para trabalhar, o músico afirma que «as novas canções ainda são cativantes, mas muito mais mundanas».

Levantando um pouco a ponta do véu daquilo que os fãs podem esperar do novo disco, que está previsto chegar em 2022, Dave Ball atirou: «Ainda não tentámos escrever outro “Tainted Love”. Talvez devêssemos! Mas seria inapropriado que dois homens de 60 e poucos anos tentassem escrever temas pop saltitantes. Isso não significa que nos tenhamos tornado infelizes. Mas também não é música industrial pesada. Diria que as canções estão a soar bastante minimais e melódicas. Estou muito satisfeito com a forma como está a soar, está a soar muito bem».

O material original mais recente dos Soft Cell veio com o tema “Northern Lights”, que foi lançado em Agosto de 2018. Ao longo da carreira iniciada em 1978, mas com algumas pausas pelo meio, a dupla britânica lançou cinco álbuns de estúdio, “Non-Stop Erotic Cabaret” (1981), “Non Stop Ecstatic Dancing” (1982), “The Art of Falling Apart” (1983), “This Last Night in Sodom” (1984) e “Cruelty Without Beauty” (2002), este último na base do reencontro da dupla que atingiu o sucesso à escala planetária com o tema “Tainted Love”, do álbum de estreia, e que podes ouvir no player que se segue.

EGITANA