Técnicos de espectáculos manifestam-se no Porto a três dias de serem recebidos pelo PR

Técnicos de espectáculos manifestam-se no Porto a três dias de serem recebidos pelo PR

Nuno Sarafa

Depois de Lisboa, hoje, 8 de Setembro, é a vez do Porto receber os técnicos de espectáculos para mais uma manifestação. A três dias de serem recebidos por Marcelo Rebelo de Sousa.

«Somos demasiado teimosos para desistir! As montagens avançam a todo o ritmo! Todas as equipas estão 100% focadas em realizar uma acção que fique na memória de todos e que, através de uma manifestação pacífica e criativa, reflicta as preocupações e solicitações que a APSTE pretende ver reconhecidas (…)». É assim, através de um post no Facebook, que os responsáveis da Associação Portuguesa de Serviços Técnicos para Eventos (APSTE) apelam à adesão em massa dos profissionais do sector para mais uma manif.

A situação no sector é, sustentam os responsáveis, «desesperante», apontando «quebras de actividade na ordem dos 80%» devido à crise gerada pela pandemia de covid-19 e adiantando que, se «93% das empresas associadas não despediram até à data», o facto é que «60% recorreram ao layoff e 56% não têm dinheiro para pagar salários».

A APSTE lamenta o facto de a manifestação em Lisboa não ter surtido efeito junto dos governantes, pelo que apontam agora baterias para a cidade Invicta, onde esperam reunir milhares de manifestantes ordeiros. “Em Lisboa (…) e por ainda não ter existido qualquer tipo de resposta clara e objectiva por parte das entidades governamentais às nossas reivindicações, decidimos levar até ao Porto uma nova acção de protesto. Será novamente uma manifestação pacífica, organizada e criativa, com o intuito de mostrar ao Governo que não baixamos os braços e que iremos continuar a lutar até que tomem as medidas necessárias para assegurar a sobrevivência das empresas deste sector“.

Local: Avenida dos Aliados

Hora de chegada: 19h

Manifesto: 20h às 22h

Nota: Por razões de segurança, apenas os participantes devidamente acreditados terão acesso ao recinto. É obrigatório o uso de máscara e roupa de cor preta, com ou sem logótipo dos Associados e todos devem fazer-se acompanhar dos seus produtos de higienização pessoal e manter o distanciamento social.

 

Consulta a galeria de fotos para veres as montagens da manifestação da APSTE no Porto:

EGITANA