Viagem Ao Futuro Na Nova Edição De “On the Quiet” de Xinobi

Viagem Ao Futuro Na Nova Edição De “On the Quiet” de Xinobi

Redacção

Passados 4 anos, Xinobi faz-nos voltar a “On The Quiet”, agora numa versão expandida com 4 faixas inéditas, numa reedição cheia de surpresas. É com o novo single “If You Want It”, que reiniciamos a visita ao álbum.

“On the Quiet” não precisa de apresentações. Com quase 4 anos desde a sua estreia, Xinobi decide revisitá-lo e traz consigo faixas nunca antes escutadas. Este álbum tem as suas raízes no “agora”, numa complexidade emocional electrónica que podemos dançar. Desde o House atmosférico à Spoken Word, passando por sonoridades electrónicas sonhadoras com um cunho pop bem vincado, pelo Techno etéreo, pelo Leftfield sombrio mas calmo e preenchido de letras pouco comuns no mundo da música de dança. Este conta-nos uma história passada nas pistas de dança com transições e colaborações de muitos músicos e vai desde o punk rock, deslizando pela cultura do skate, até à house music. “On the Quiet” é principalmente sobre como a música de dança pode ser um meio para a consciência social.

O single etéreo e hipnótico “If You Want It” é a primeira surpresa desta nova edição. Com data de estreia para dia 14 de Maio, o álbum inclui os instrumentais originais de todas as músicas e, para além do primeiro single, mais três novas faixas como “Boats”, “Only Us” e “Invaders”, todas escritas na mesma sessão das gravações originais.

Xinobi tocou e produziu o próprio álbum que contou com colaborações de Vaarwell em “Far Away Place”, com o seu já habitual parceiro Lazarusman em “Searching For” e “See Me”, com Sequin e Ian MacKaye (o artista por trás das bandas Minor Threat, Fugazi e da editora Dischord) dando voz à cultura do skate como uma interpretação urbana alternativa.

Em 2017, “On the Quiet” foi lançado pela Discotexas e a nova edição não será diferente. Esta será acompanhada também de uma capa de Bráulio Amado, com o lançamento físico original que contém biografias, letras completas, entrevistas com Igor Cavalera (ex-membro de Sepultura e Mixhell) e com David Andersson de Punks Jump Up, tudo numa estética de fanzine relembrando a época áurea do Punk. Esta nova versão de “On The Quiet” só acrescenta ao grande legado já criado pelo álbum e o seu primeiro single fica disponível nas plataformas digitais habituais.

EGITANA