Arturia Lança V Collection 8: Novas Emulações Juno-106, Emulator II e Vocoder

Arturia Lança V Collection 8: Novas Emulações Juno-106, Emulator II e Vocoder

Redacção

A Arturia revelou a V Collection 8, o último pacote de sintetizadores e teclados de software clássico, acrescentando três novos instrumentos – Jun-6 V, Emulator II V e Vocoder V – bem como o recém-lançado OB-Xa V. Há ainda actualizações para Jup-8 V, Stage-73 V2 e Analog Lab V.

O Jun-6 V é uma recriação de software do clássico Juno-106 da Roland, um dos sintetizadores analógicos mais amados de todos os tempos. Esta emulação vem completa com o efeito chorus e opções de modulação melhoradas. O Emulador II V, entretanto, recorda o clássico sampler/synth dos anos 80 da E-MU, e promete toda a granulação digital do original.

Nesta nova colecção da Arturia há também o Vocoder V de 16 canais, descrito como «o derradeiro electrificador de voz» e ostenta o seu próprio sampler e motor de sintetizador. Quanto ao Jup-8 V, inspirado no Jupiter-8 V, chegou agora à versão 4, e traz consigo um novo motor de som e modulação.

O Stage-73 V2, entretanto, trata-se de uma emulação do Rhodes com um motor de modelação física redesenhado que promete maiores níveis de autenticidade e variedade.

Finalmente, o Analog Lab V, que reúne o melhor das predefinições da V Collection num só local, tem agora um novo navegador, concebido para o tornar mais intuitivo do que antes. Há também 700 novas predefinições que vêm com quatro macros pré-mapeadas para facilitar a edição, mais listas de reprodução, para que possas organizar melhor as tuas predefinições.

A V Collection 8 está agora disponível para PC e Mac pelo preço introdutório de 499 euros (o preço normal será de 599 euros). Há também descontos para os que já são utilizadores – basta fazeres login no site da Arturia para obter o desconto.

Mais info na Arturia.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA