Fender 60th Anniversary Jazz Bass

Fender 60th Anniversary Jazz Bass

Nero

O 60th Anniversary Jazz Bass, com um corpo offset, braço slim tapered e dois pickups single-coil, celebra o icónico instrumento original de quatro cordas da Fender através de excelência sónica e grande estilo.

Apresentado em 1960, o Jazz Bass é um clássico inegável. Bastará recordar alguns dos muitos artistas que têm tocado com o instrumento ao longo dos anos e estará tudo dito sobre o lugar singular deste modelo de baixo na história da música – desde Jaco Pastorius e Larry Graham, a John Paul Jones e Noel Redding, passando por Geddy Lee ou Flea. Em honra a esses sessenta anos, a Fender criou o modelo 60th Anniversary Jazz Bass.

O novo modelo possui corpo em alder no clássico design offset JB. O braço de acção rápida é em maple, com o perfil “U” dos anos 60 e escala em rosewood com 20 trastes vintage tall e marcadores em perolóide. Para uma aproximação aos sons da sua era original, há um par de pickups Pure Vintage ‘62 Single-Coil Jazz Bass, especialmente desenvolvidos para esta ocasião, que são controlados, tal como nos primeiros modelos, através de potenciómetros concêntricos de Volume e Tone.

Há outros apontamentos vintage, como a ponte four-saddle (saddles em aço rosqueado), coberturas dos pickups iguais às da era original e afinadores invertidos open-gear. O acabamento é um deslumbrante Arctic Pearl, complementado por pickguard tortoiseshell e binding branco no braço e cabeça.

Há ainda a versão Roadworn 60s, com braço de perfil “C” (surgido a meio da década de sessenta) em maple e escala Pau Ferro. Nos pickups está um conjunto 60th Anniversary Jazz Bass Single-Coils. Neste versão há três acabamentos disponíveis, Olympic White, Firemist Silver ou o clássico Sunburst tricolor – cada um destes acabamentos foi alvo de um ligeiro tratamento de envelhecimento.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.