NAMM 2020: JHS Effects PG-14

NAMM 2020: JHS Effects PG-14

Nero

A JHS Effects vai estrear o Paul Gilbert PG-14, pedal de distorção com a assinatura do carismático shredder.

Paul Gilbert não consegue estar parado. O ano passado, o guitarrista que se confessa inseparável do seu pequeno Yamaha THR, lançou um novo álbum e viu, na Winter NAMM 2019, a Ibanez Guitars celebrar o 30º aniversário do seu modelo de assinatura, a PGM333. Na edição deste ano, será a vez da JHS estrear o pedal de distorção do virtuoso guitarrista.

É Josh Scott, designer e fundador da JHS Effects, que apresenta o PG-14. «Para mim, o PG-14 é o definitivo pedal de distorção para um amp clean. Basicamente, temos um amp a válvulas FET simulado, que podem saturar. Como o som Marshal ou de um pequeno amp. Portanto, ficas com um amp com a capacidade para ficar mais ou menos limpo ou distorcido… A secção de médios deste pedal é muito limpa. Simplesmente, puxa a sério por essa cena da simulação de válvulas FET. Quando mais puxas pelos médios, mais os médios distorcem aquela zona de frequências de um modo mesmo fixe».

Paul Gilbert complementa a ideia: «E tem botões para que possam definir onde fica essa tal zona de médios, o que afecta realmente a forma como responde e como distorce. Foi isso que descobri com este pedal; tem uma maior variedade de com soa e responde do que qualquer outro pedal de distorção com o qual tenha tocado. As definições são determinantes, porque estabelecem realmente um carácter diferente quando as ajustam».

O JHS Effects PG-14 já pode ser comprado (199 dólares). Mais detalhes na JHS.info.

Também podem assistir ao divertíssimo vídeo. São 30 minutos de comédia numa excelente entrevista. Se quiserem saltar directamente para a conversa sobre o novo pedal, avançem cerca de 20 minutos.