Subharmonicon é o Novo Synth Polirrítmico da Moog

Subharmonicon é o Novo Synth Polirrítmico da Moog

Nero

O Subharmonicon foi conhecido no Moogfest de 2018, mas apenas agora é estreado comercialmente. A marca refere que o synth fará com que o músico «simultaneamente se perca e se encontre a si próprio através do som».

Despindo o Subharmonicon de filosofia, este é um sintetizador polirrítmico semi-modular analógico que, seguindo o seu nome, gera os sons por derivação de síntese sub-harmónica. Pode parecer algo confuso, no entanto a moog garante que o Subharmonicon é bastante intuitivo e fácil de operar.

O synth possui dois VCO, quatro osciladores sub-harmónicos, dois sequenciadores 4-Step e quatro geradores de ritmo, e pode operar sem qualquer patching se assim desejarem. Todavia também pode ser aprofundado nas suas capacidades através de patching ou criando interface com  o Mother-32, DFAM e outro gear Eurorack da Moog.

Cada som sub-harmónico deriva matematicamente de um dos dois VCO principais, criando o que a marca descreve como formas de acordes. Há quantização no circuito, o que cria intervalos de escala perfeitos, mas também podem personalizá-los de forma mais estranha.

Estas formas de acordes podem ser animados recorrendo ao par de sequenciadores, cada um metronomizado por qualquer um (ou por todos) dos geradores de ritmo que disponibilizam divisões matemáticas do tempo principal. Ao estabelecer camadas, estes geradores rítmicos permitirão criar polirritmias complexas, deixando ainda espaço a mais exploração sónica atarvés dos geradores dual envelope, do ladder filter ou do VCA analógico.

O Subharmonicon vai chegar brevemente ao mercado. Mais info na Moog. O vídeo de apresentação é assombroso…