8

Miss Lava

Sonic Debris

Small Stone, 2016-05-20

EM LOOP
  • Another Beast Is Born
  • Symptomatic
  • Pilgrims Of Decay
Nero

Quem for mal intencionado poderá acusar-nos de parcialidade. O Fernando Matias é um dos colaboradores da Arte Sonora. Acontece que “Sonic Debris”, misturado por Benny Grotto e masterizado por Chris Goosman, foi produzido por Fernando Matias em conjunto com a própria banda e que, ao terceiro álbum, os Miss Lava têm finalmente um disco,  com um corpo sonoro e um peso temíveis.

Além do paredão sonoro, a banda soa regenerada… Redimensionada.

É certo que Kyuss permanece a divindade maior diante da qual a banda se prostra, mas aqui e ali vai surgindo o maior balanceamento de uns Clutch. Além disso, “Sonic Debris” tem um carácter muito mais atmosférico que os trabalhos anteriores, ao mesmo tempo que revela um maior desenvolvimento nos arranjos, redimensionando as composições da banda. Logo a abrir, “Another Beast Is Born” chega a ser épico. Há maior amplitude vocal, com um trabalho cuidado de background vocals, mais cores no processamento sonoro dos instrumentos que criam maior diversidade de ambientes, inclusive acústicos mescalinos como “In A Sonic We Shall Burn”.

Os riffs continuam directos e simples mas, com maior interacção entre a guitarra e a secção rítmica, algo perfeitamente ilustrado em “Symptomatic”, advém uma coesão que permite ao quarteto “segurar”, além dos momentos de velocidade (“The Silent Ghost Of Doom”) em que sempre se destacou, midtempos como a grungy “Pilgrims Of Decay”.

Tudo isto traduz-se em maior dinâmica e no melhor álbum dos Miss Lava.