Quantcast
Alex Lifeson dos Rush desvenda primeiro single da sua nova banda Envy of None

Alex Lifeson dos Rush desvenda primeiro single da sua nova banda Envy of None

Miguel Grazina Barros

O guitarrista da lendária banda de rock Rush tem um novo projeto intitulado “Envy of None” e já podes ouvir o primeiro single “Liar”.

Elementos de dream pop e alt-rock caracterizam o novo single “Liar”, com um ritmo pulsante que sublinha os vocais da cantora Maiah Wynne, levando o guitarrista para novos territórios.

A restante da banda é composta pelo baixista Andy Curran (fundador da banda de hard rock Coney Hatch) e pelo produtor/engenheiro Alfio Annibalini. Juntos, o quarteto cria música que é bastante diferente da banda que tornou Lifeson famosa, mas que lhe garantiu um lugar no Rock and Roll Hall of Fame em 2013.

«Maiah tornou-se na minha musa», disse Alex Lifeson sobre a direcção sónica da banda num comunicado de imprensa. «Ela foi capaz de trazer toda esta nova coisa etérea através do seu sentido de melodia em faixas como “Liar” e “Look Inside”. Depois de ouvir os seus vocais em “Never Said I Love You”, senti-me entusiasmado. Nunca tive esse tipo de inspiração a trabalhar com outro músico. Quando dizemos que ela é especial, é porque ela é realmente especial!»

«Uma das minhas coisas favoritas sobre estas canções é a intimidade das mesmas. Fá-las sentir-se diferentes e mais honestas. Há também algumas canções mais pesadas, como ‘Enemy,’ e depois faixas como o ‘Kabul Blues’, que soam completamente diferentes de tudo o resto», acrescentou Maiah Wynne.

1. “Never Said I Love You”
2. “Shadow”
3. “Look Inside”
4. “Liar”
5. “Spy House”
6. “Dog’s Life”
7. “Kabul Blues”
8. “Old Strings”
9. “Dumb”
10. “Enemy”
11. “Western Sunset”

A lista de 11 canções do álbum termina com um tributo ao amigo e companheiro de banda de Lifeson, o falecido Neil Peart, com uma faixa intitulada “Western Sunset”.

«Visitei o Neil quando ele estava doente», disse Lifeson. «Estava na sua varanda a ver o pôr-do-sol e encontrei inspiração. Há uma finalidade sobre um pôr-do-sol que me acompanhou durante todo o processo. Tinha um significado. Era a disposição perfeita para descomprimir depois de todas estas diferentes texturas… uma boa maneira de fechar o livro».

O álbum com o mesmo nome do projeto tem data marcada para 8 de Abril.

EGITANA