Dead Combo, As Datas da Tour de Despedida

Dead Combo, As Datas da Tour de Despedida

Redacção

Lisboa, Castelo Branco, Beja, Torres Novas ou Albufeira, entre outras cidades portuguesas, recebem a despedida dos Dead Combo.

Em 2018 ficámos a saber que, infelizmente, Pedro Gonçalves estava gravemente doente. Depois dos Dead Combo terem cancelado a sua presença no Boom Festival, a banda deixou comunicado nos seus canais, afirmando ir cumprir os restantes compromissos: «Após ponderada reflexão e apesar da doença grave que afecta o Pedro Gonçalves, os DEAD COMBO decidiram, por vontade do Pedro e do Tó e de toda a banda que os acompanha na tour de apresentação do seu mais recente disco, Odeon Hotel, manter todos os restantes concertos da tour, ainda que o Pedro possa não conseguir participar nalguns deles. Nos concertos em que o Pedro não conseguir participar, será substituído por António Quintino, que já integra a formação dos DEAD COMBO nesta Tour».

A partir daqui, a banda portuguesa constituída por Tó Trips (guitarra) e Pedro V. Gonçalves (contrabaixo, kazoo, melódica e guitarras), anunciou o fim de actividade em comunicado no Facebook. Para trás ficava uma carreira iniciada em 2003, de onde brotaram alguns dos melhores discos da música nacional nas duas últimas décadas, como o último deles: “Odeon Hotel”.

Eleito pela AS para a sua lista de melhores álbuns nacionais de 2018, lê-se na apreciação: «Assim que começam a troar as baterias de “Deus Me Dê Grana” sentimos que este é o álbum mais intenso de Tó Trips e Pedro Gonçalves, quando entra o contrabaixo percebemos que é também o mais pesado, algo a que não será alheia a produção de Alain Johannes. Ao longo dos restantes temas vamos percebendo que este sexto álbum é também o melhor dos Dead Combo – o culminar de uma evolução constante, sem nunca perder de vista os pressupostos originais, estabelecidos no já longínquo “Vol.1” (2004): o rock, o fado e todos esses sons que a diáspora trouxe para Lisboa. A presença desse ilustre convidado chamado Mark Lanegan é apenas um mero detalhe neste discão». Aliás, não vale a pena esconder quão fãs da dupla somos aqui na redacção, afinal elegemos Tó Trips como um dos grandes guitarristas portugueses da última década.

Vai ser doloroso “perder” a banda. Todavia, os Dead Combo prometeram uma tour de despedida. O prometido é devido e a banda e acaba de anunciar algumas datas por todo o país. Eis as que se encontram confirmadas:

PROGRAMAÇÃO

06 & 07 Dezembro 2019 – Galeria Zé dos Bois, Lisboa – 15€
11 Janeiro 2020 – Cineteatro Avenida, Castelo Branco
25 Janeiro 2020 – Cineteatro João Mota, Sesimbra
07 Fevereiro 2020 – Cineteatro, Estarreja
08 Fevereiro 2020 – TBA
14 Fevereiro 2020 – Lisboa (TBA)
06 Março 2020 – Teatro Pax Júlia, Beja
07 Março 2020 – Teatro Virgínia, Torres Novas
21 Março 2020 – Porto (TBA)
28 Março 2020 – Auditório Municipal, Albufeira