Os Buraka são do Mundo!

Inês Barrau

A Aula Magna esgotou para assistir à estreia nacional do documentário dos Buraka Som Sistema, “Off The Beaten Track”.

Os Buraka Som Sistema estrearam em solo nacional o seu documentário “Off The Beaten Track”, na Aula Magna. E a reacção do público não poderia ser melhor. E há boas razões para isso. “Off The Beaten Track” realizado porJoão Pedro Moreira, não pretende ser um documentário biográfico, como nos explica  Kalaf, pois há ainda muito por fazer, tem apenas o objectivo de descrever o processo criativo da banda. Da Amadora a Luanda, de Caracas a Londres, da Índia a Maputo, passando por vários festivais na Europa, os Buraka transportam-nos para uma viagem sonora onde nos dão a conhecer onde vão beber as suas influências e a sua procura por novos sons. Um documentário descrito em tom descontraído que demonstra a humildade e a luta de uma banda que saiu da Buraca para conquistar o Mundo.

Em “Off The Beaten Track” não ficou de fora um dos momentos mais trágicos da banda, o incêndio que em Dezembro de 2012 deflagrou nos escritório da editora Enchufada e que destruíu a totalidade do material discográfico e merchandise dos BSS. Conta ainda com os depoimentos de PettyM.I.A., DiploSantigoldA-TrakBenga, Skream, entre outros.

Sem dúvida um documentário a ver!
Para acabar a noite em grande os Buraka Som Sistema, tornaram a formal Aula Magna numa enorme pista de dança. “Komba”, “Hangover (Ba Ba Ba)”, “Ya”, “Wawaba”, “Kalemba (Wegue Wegue)”, “Sound of Kuduro” ou “Candonga” marcaram o ritmo e no final ainda houve tempo para “(We Stay) Up All Night” com a presença de Roses Gabor e de “Voodoo Love”com a participação mais que especial de Sara Tavares.

EGITANA