Fast Eddie Nelson é já realeza barreirense

Fast Eddie Nelson é já realeza barreirense

2015-12-05, Barreiro Rocks
Tiago da Bernarda
8
  • 8
  • 9
  • 7
  • 8

Um nome recorrente na cena barreirense, Fast Eddie Nelson, inserido no Barreiro Rocks, soube como agradar o seu público.

Só se consegue perceber a grandeza que é Fast Eddie Nelson depois de o ver actuar no Barreiro. Por um lado, é um palco familiar onde já deve ter tocado centenas de vezes. Por outro, tem que superar-se de alguma forma para conseguir manter um concerto interessante para aquelas pessoas que possivelmente já o vêem tocar desde há muito.

E a verdade é que não desiludiu. Com uma postura e voz que faz lembrar o Lemmi, propaga um heavy rock com influências blues tão bem mandado que pela segunda faixa já o público se rendia a seus pés, com aplausos e assobios aos montes.

Mas o mais empolgante era o seu conforto naquele palco. Dedicava músicas a pessoas que nunca ouvi falar mas que vivesse ali, conhecia perfeitamente. Segurava copos de cerveja com os dentes, e bebia enquanto tocava. Um truque que, presumo, tenha demorado algum tempo a aperfeiçoar mas que já seja característico das suas actuações. Eventualmente convidou amigos ao palco para o acompanharem em refrões.

“Midnight Special” ou “Baptize Me in Wine”, grandes faixas tocadas mais para o final que revelam a essência do que é ser Fast Eddie Nelson, aquela personagem de palco. É uma imagem caricaturesca de virilidade roqueira bruta que, apesar de tudo, é divertido de se ouvir e propício para o abanão de cabeça.

Foto: Vera Marmelo