Músicos e Autores Subscrevem Texto “Mais Música Portuguesa Na Rádio”

Músicos e Autores Subscrevem Texto “Mais Música Portuguesa Na Rádio”

Redacção

Mais de 450 músicos e autores portugueses apelam ao público para que ouça as suas músicas na rádio, congratulando-se com a medida governamental que decretou o aumento da quota da música portuguesa nas rádios para 30%.

Músicos e autores portugueses uniram-se e subscreveram um texto no qual apelam ao público para que ouça mais música made in Portugal, aplaudindo ainda a recente medida imposta pelo Ministério da Cultura que decretou o aumento da quota de música nacional nas rádios de 25 para 30% – uma medida entretanto contestada pelos principais grupos de rádio.

«Precisamos do contacto com o nosso público, precisamos que nos ouçam e de sentir que nos estão a ouvir. Queremos voltar a ouvir as vossas palmas e a escutar as vossas vozes a cantar connosco. Temos saudades de vos sentir perto de nós. Queremos estar presentes nas vossas vidas, mesmo que hoje não possamos estar fisicamente juntos», lê-se no início do texto subscrito por mais de 450 músicos e autores portugueses de várias gerações e géneros musicais.

«Não queremos a nossa e vossa música confinada a um pequeno espaço. Porque queremos ser a vossa companhia todos os dias, ao longo do dia, foi com satisfação que recebemos a notícia que agora nos vão ouvir mais. Queremos sentir-vos em sintonia com a nossa voz e a nossa música», referem ainda, completando: «Queremos que continuem a ouvir música portuguesa nas ondas da rádio. Queremos que sintonizem e ouçam a música que é a nossa. A nossa música na rádio portuguesa».

A lista de subscritores inclui, entre muitos outros, músicos como Agir, Aldina Duarte, António Zambujo, Aurea, Blaya, Camané, Carminho, Carolina Deslandes, Conan Osiris, David Bruno, David Carreira, Dino D’Santiago, Diogo Piçarra, Fausto Bordalo Dias, Manel Cruz, ProfJam, Marta Ren, Moonspell, Paulo de Carvalho, Pedro Abrunhosa, Quim Barreiros, Ricardo Ribeiro, Rodrigo Leão, Rui Veloso, Sam The Kid, Selma Uamusse e Xinobi. O texto conta ainda com o apoio de cerca de 30 agentes e managers.

O aumento da quota de música portuguesa nas rádios, de 25% para 30%, foi anunciado no dia 14 de Janeiro pela ministra da Cultura, Graça Fonseca, no âmbito das medidas de resposta à pandemia da covid-19, com o objectivo de «incrementar a divulgação de música portuguesa e a sua valorização em benefício dos autores, artistas e produtores».

A ministra recordou na altura que «a definição desta quota existe desde 2009 e está inscrito na lei que todos os anos [o titular da pasta da Cultura] deve actualizá-la», sendo que desde 2009 que o valor «não era actualizado». «Este é o ano para o fazer», afirmou Graça Fonseca, lembrando ainda que o sector da música tem sido «particularmente atingido pelas limitações dos espectáculos».

EGITANA