Gibson Kirk Douglas SG Redux

Gibson Kirk Douglas SG Redux

Nero

A Gibson actualizou o modelo SG de assinatura de “Captain” Kirk Douglas, guitarrista dos Roots, a irreverente banda residente no Late Night With Jimmy Fallon.

A grande SG da NAMM 2020 foi a réplica da Monkey de Tony Iommi. Desta vez, a NAMM pode estar a operar em moldes diferentes, mas as marcas continuam a lançar as suas novidades e a Gibson torna a trazer uma SG de monta, actualizando o modelo de assinatura de Kirk Douglas, originalmente lançado em 2013. A guitarra original esgotou rapidamente a sua edição limitada de 400 modelos. Esta actualização acrescenta algumas novidades nos acabamentos e no hardware.

A Kirk Douglas SG possui corpo em mogno, tal como o braço SlimTaper cuja escala é em rosewood. Na electrónica está um trio de humbuckers Burstbucker, cada um com o seu próprio controlo de volume push-pull, para capacidade de divisão das bobinas, além do singular controlo master tone. A tailpiece de assinatura do músico, uma unidade “Captain” Lyre Tail Vibrola, dá aos músicos um vibrato de acção suave e à guitarra um visual vintage.

Depois, o modelo de acabamento Ebony surge com hardware dourado e pickguard preto e o modelo de acabamento Inverness Green com hardware em níquel e pickguard branco. Qual dos dois o mais visualmente arrebatador? venha o Diabo e escolha.

No player em baixo podem ver o vídeo de apresentação da guitarra, no qual Douglas se confessa um devoto da função coil-split, por permitir extrair mais cores musicais de um instrumento: «O que adoro na Gibson SG é conseguir obter os meus sons Les Paul e ainda assim conseguir sons de pickups single-coil. Esta guitarra é extremamente versátil e ao usar a função push-pull no botão de volume, consegue-se imensos sons diferentes».

Ainda não há data oficial de chegada ao mercado para a Gibson Kirk Douglas Signature SG, cujo preço (em dólares) bate nos $2,499.

EGITANA