8

Ciclo Preparatório

As Viúvas Não Temem a Morte

Optimus Discos

EM LOOP
  • A Volta Ao Mundo Com A Lena D’ Água
  • Lena Del Rey
Hugo Tomé

De todas as coisinhas terríveis que os anos 80 deram ao rock popular, cito, mais ou menos a “playlist” completa do Plateau, as cabeleireiras da linha de Sintra, e os senhores dos pulôveres pelos ombros, “habitues” nesses espaços de diversão nocturna. O rock popular português escapou-se com a boa vontade de quem está a rebentar uma “coisa”, e mais, concebeu filhos e netos hoje bem grandinhos e bonitinhos.

De todos os pais e avós babados com direito a menção, os Heróis do Mar honrosamente são o nome que recolhe maior culto e distinção na actualidade. Nenhuma outra doutrina se tornou mais presente e eficiente que o rock popular gracioso e escorregadio de Pedro Ayres Magalhães, Rui Pregal da Cunha, e restante “família”. O último exemplo de apego são os Ciclo Preparatório.

A imagem é de meninos e meninas de colégio privado bem comportados. As canções são ágeis e agradáveis sem grandes loucuras e aventuras. E a estreia chama-se As Viúvas Não Temem A Morte, um dos trabalhos inteiramente em português mais interessantes e estimulantes que este país culturalmente “doente” realizou nos últimos tempos.

Um “Optimus” disco que compreende a sensibilidade de “Mel de Jasmim”, a mocidade de “Lena Del Rey”, a sinceridade de “Deixem-nos Brincar Em Paz”, e a grandiosidade de “A Volta Ao Mundo Com A Lena D’ Água”, figura de referência que sem demora em boa hora voltou.

E de todas as coisinhas terríveis que os anos 80 deram ao rock popular, o caso português escapou-se com bom gosto. Ou não fosse a vontade, e não teríamos os Heróis do Mar. Ou não fosse a boa educação, e não chegaríamos ao Ciclo Preparatório.